Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades Portuguesas - O viciante negócio das apostas online em Portugal
sexta-feira, 01 março 2024

CANDIDATOS DO PS NA FEIRA…

Fev. 29, 2024 Hits:174 Opinião

Não cedamos à facilidad…

Fev. 29, 2024 Hits:311 Opinião

Quero ser uma árvore

Fev. 24, 2024 Hits:659 Crónicas

Morre Navalny mas não a …

Fev. 24, 2024 Hits:202 Opinião

COMPETÊNCIA CÍVICA

Fev. 15, 2024 Hits:377 Crónicas

UNIVERSITAS

Fev. 14, 2024 Hits:291 Crónicas

CIDADÃO DECISOR

Fev. 10, 2024 Hits:255 Crónicas

Desconsideração políti…

Fev. 09, 2024 Hits:638 Opinião

Haja diferenças!

Fev. 07, 2024 Hits:321 Opinião

O Homem: um ser limitado

Fev. 06, 2024 Hits:299 Crónicas

O BANCO NOVO

Fev. 06, 2024 Hits:432 Crónicas

Entre a Esperança e a In…

Fev. 04, 2024 Hits:246 Opinião

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Fev. 04, 2024 Hits:365 Crónicas

O viciante negócio das apostas online em Portugal





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor!


40 milhões de euros gastos diariamente no jogo online à procura da fortuna

3 minutos de leitura

O negócio das apostas online em Portugal tem crescido significativamente nos últimos anos.

Desde a legalização das apostas desportivas online em 2015 que o mercado se tem expandido e atraído cada vez mais jogadores.

Uma das principais razões para o crescimento deste mercado é a conveniência e a facilidade de aceder às apostas online. Os jogadores podem entrar nas plataformas de apostas a qualquer momento e em qualquer lugar, através do telemóvel, dos computadores ou de outros dispositivos móveis.

Marketing agressivo

Além disso, as empresas de apostas online têm investido em campanhas de marketing agressivas, patrocínios de equipas desportivas e eventos, o que tem contribuído para o aumento da popularidade das apostas. As principais empresas têm sede em Malta e gastam em Portugal cerca de 200 milhões anualmente em publicidade e patrocínios.

Outro factor importante é a variedade de mercados e opções de apostas disponíveis. Os jogadores têm a oportunidade de apostar numa ampla gama de desportos, desde futebol e basquetebol até corridas de cavalos e eSports (desporto eletrónico). Também é possível apostar em eventos ao vivo, o que permite uma experiência mais interactiva e emocionante.

Segundo a revista Sábado (https://www.sabado.pt/), o jogo em casinos online e competições desportivas explodiu na pós-pandemia e já vale 42 milhões por dia em Portugal.

De acordo com o Jornal de Negócios (https://www.jornaldenegocios.pt/), os portugueses apostaram 1,3 milhões de euros por hora em jogo online em 2022.

A tendência crescente é confirmada pelo volume de apostas dos portugueses no jogo online que ascendeu a mais de 11,3 mil milhões de euros no ano passado, mais 32,5% do que em 2021.

O Estado português arrecadas receitas fiscais de 122,4M €

Ainda, de acordo com a SIC Noticias (https://sicnoticias.pt/), os portugueses apostam em média 38 milhões de euros por dia em jogos online. Este disparar da actividade permitiu ao estado português arrecadar receitas de 122,4 milhões de euros devido ao Imposto Especial de Jogo Online.

As apostas online também envolvem riscos

A dependência de jogos em casinos online e competições desportivas é um tema preocupante em Portugal. Com o crescimento da popularidade dos casinos online e das apostas desportivas, muitas pessoas, em particular os jovens, têm-se envolvido em atividades de jogo online de forma excessiva, colocando em risco a sua saúde mental, financeira e até mesmo suas relações pessoais.

Além disso, a publicidade agressiva e a promoção de bónus e prémios para atrair jogadores também podem influenciar no aumento da dependência. Muitas vezes, as pessoas são incentivadas a continuar o jogo na esperança de ganharem grandes quantias de dinheiro, o que pode levar a um ciclo vicioso de perdas financeiras e procura pela recuperação financeira.

A competição desportiva pelo jogo online

Em relação às competições desportivas, o aumento das apostas online também tem contribuído para o desenvolvimento de dependência nessa área. Muitas vezes, as pessoas assistem aos jogos não apenas por interesse no evento desportivo, mas também para acompanhar de perto as suas apostas. Essa relação entre o jogo e os eventos desportivos pode levar a uma perda do prazer pela actividade desportiva em si, tornando o jogo o foco principal.

Em resumo

O negócio das apostas online em Portugal tem-se tornado um sector lucrativo e em crescimento. A combinação de conveniência, variedade de opções e campanhas de marketing agressivas tem atraído cada vez mais jogadores. No entanto, é importante que os jogadores joguem com responsabilidade e estejam cientes dos riscos envolvidos.

A dependência de jogos em casinos online e competições desportivas é um problema sério em Portugal. Para combatê-lo, é necessário investir em educação, regulamentação e suporte aos jogadores. Há cada vez mais casos dramáticos de jogadores dependentes.

Por vezes é preciso desligar a internet.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Joao Pires
Author: Joao PiresEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos



Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades
Partilhe o nosso conteúdo!

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

A nossa newsletter

Jornal das Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 496  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

Top News Embaixada

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia

 
 
0
Partilhas
0
Partilhas