O assunto das heranças em Portugal, deixadas por familiares, é um tema muito importante e comum e habitual em quase todos os imigrantes portugueses, que deixaram família em Portugal e tem bastante interesse junto dos imigrantes e das comunidades portuguesas que vivem fora de Portugal.

Actualmente, o inventário e partilha de bens, por herança, entre herdeiros, pode ser realizado por partilha entre todos os herdeiros, se houver comum acordo entre todos, realizando-se por escritura notarial ou por processo de inventário e partilha, que corre termos no notário e já não no Tribunal, como antigamente.

Significa que, os processos de partilha de bens em caso de herança, estão mais rápidos e mais práticos, do que anteriormente.
Pela nossa experiência, existem muitos casos de portugueses imigrantes que têm necessidade de representação em Portugal, por Advogado, para os casos de partilhas de bens provenientes de herança, seja de pais, tios, etc, mas que têm receio que sejam processos ainda muito vagarosos, o que já não sucede na prática, porque, estão muito ágeis e rápidos.

Podemos aconselhar os imigrantes portugueses, na melhor forma, em Portugal, de se efectuar a partilha de bens proveniente de herança.

Pub
 

 

Pedro Morgado de Sousa
Advogado
Pode ler mais sobre este colaborador

GNC - Advogados Associados - Lawyers and Barristers
Av.ª da Boavista, 3477, 3.º - 3.08
4100-139 Porto
Rua Alexandre Herculano, n.º 2, 3.º Dto.
1150-006 Lisboa