Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
segunda-feira, 24 janeiro 2022

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Protocolo visa criar respostas tecnológicas para "problemas e desafios” hospitalares



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência e o Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, assinaram um protocolo para criar novas oportunidades tecnológicas para “problemas e desafios” sentidos diariamente em meio hospitalar.

Em comunicado, o instituto do Porto (INESC TEC) revelou hoje que o protocolo de colaboração resulta de “uma visão conjunta entre as duas instituições na inovação tecnológica”.

O protocolo, assinado durante o Fórum do INESC TEC do outono, identifica áreas que correspondem a “problemas ou desafios” sentidos no dia a dia hospitalar, nomeadamente telemedicina e telemonitorização, gestão hospitalar, ‘green’ hospital, sistemas de apoio à decisão clínica, bases de dados abertas, sistemas de informação para a saúde, ciência de dados, inteligência artificial e robótica.

Esta colaboração, salienta o instituto, vai permitir “continuar a apostar na inovação tecnológica na saúde”, área onde o INESC TEC tem vindo a desenvolver tecnologias para auxiliar os profissionais de saúde ao nível da gestão de cancro, rastreio de doenças, neuroengenharia, gestão hospitalar ou políticas públicas de saúde.

Citado no comunicado, o presidente da Comissão Executiva do INESC TEC, João Claro, salienta que, com o protocolo, o instituto se compromete a “contribuir para o reforço do sucesso” do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ) nas diferentes áreas, desde os cuidados de saúde à formação e investigação.

“Propomo-nos atuar em conjunto e com maior determinação no fortalecimento dos ecossistemas de inovação em saúde em que ambos estamos envolvidos, nomeadamente na Universidade do Porto e na nossa região”, refere João Claro, também docente da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Também o presidente do Conselho de Administração do CHUSJ, Fernando Araújo, observa que o protocolo permitirá que o investimento em investigação e tecnologia se aproxime “das reais necessidades do hospital e nas dificuldades sentidas no dia a dia, envolvendo a comunidade científica na investigação de novas soluções”.

Soluções que Fernando Araújo diz ser preciso serem “mais integradas” e permitirem ao hospital “melhorar a sua prestação de cuidados junto do utente”.





Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 356 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

News Fotografia