Por

Paulo Pego

 
Paulo Pego nasceu em 1967, em Barcelos (Portugal). É doutor em direito, professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e jurista-linguista do Conselho da União Europeia, em Bruxelas (Bélgica). 

Publicou livros e artigos jurídicos e faz palestras sobre temas relacionados com a União Europeia. 

Paulo Pego é autor dos livros de poesia À Senoite (2009), A Lógica dos Corais (2013), Le Sel (2013), Livro das Pedras (2014) - publicados pela Orfeu (Bruxelas) -, Poesia (2014), Em Forma (2014) - publicados pela Anome Livros (Belo Horizonte, Brasil) –, Viagem (2015) – Editora Licorne –, Vida sem Demão (2015) – Editora Labirinto – e Entre-Tecidos (2016; textos de Paulo Pego e obra plástica de Sónia Aniceto) – Editora Licorne.

Publicou contos e traduziu para português poemas de Ada Christen e de Francisca Stoecklin. Participou igualmente em exposições de fotografia.

ID:N°/ Texto: 4304
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

            A maior parte das sex shops de Bruxelas não tem graça. Os artigos para venda são bons, mas amiúde estão dispostos sem trelho nem trabelho e a sua apresentação deixa a desejar. O aspeto e a falta de esmero dos vendedores tampouco ajudam os visitantes.

Ler Mais----Em Bruxelas (I)
ID:N°/ Texto: 4287

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

    Não gosto de paternalismos. Na sua afabilidade condescendente, vejo amiúde o objetivo de limitar a progressão de quem está sob a pretensa aba protetora. Não espanta por isso que, a nível das relações de trabalho, vacile em face do «paternalismo industrial», temo que ele tire vigor à luta do operário por condições justas e dignas.

Ler Mais----Em Tampere, em Guise e em Crespi d'Adda

Últimos Tweets

Luís Montenegro em Bruxelas ESTAR NO LUGAR CERTO, COM AS PESSOAS CERTAS https://t.co/blv2z7xqmJ
CERVEJA JUNTA 300 BRASILEIROS EM PONTE DE LIMA https://t.co/NwJXDoXdPG
Meixão, o ouro do rio Minho https://t.co/AaOORb3lU6
Follow Jornal das Comunidades on Twitter