Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

FEIRAS NOVAS ASSINALADAS COM FEIRA, MISSA, CULTURA … E SARRABULHO!

IDT-N°/ : 5833
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Caso se realizassem, as Feiras Novas, as tradicionais Festas do Concelho de Ponte de Lima, iniciariam hoje a 194 ª edição!

Mas, como o Covid – 19 não permite que a romaria seja efectuada, a comissão organizadora e o município local, resolveram apenas assinalar a efeméride, onde o arco iluminado, à entrada do Passeio 25 de Abril é o símbolo principal.

Assim, esta sexta – feira 11 de Setembro, pelas 17,00 h será inaugurada na Torre da Cadeia Velha (Turismo), uma exposição de aguarelas de Ricardo Ferreira. O artista, emigrado na Suíça tem revelado um gosto e apetência para a paleta de cores e escolha de imagens, onde património natural, imaterial e cultural, são a temática do seu pincel…

Amanhã, Sábado, também pelas 17,00 horas, um outro acto cultural! No Teatro Diogo  Bernardes terá lugar o lançamento do livro Zé Cachadinha. Um Cantador do Povo, da autoria do etnógrafo e músico Augusto Canário, o líder do grupo Cantares do Minho, e artista de TV e demais palcos.

Na segunda – feira, terceiro e último dia das festividades, consagrado à padroeira, Nossa Senhora das Dores, as celebrações iniciam-se pelas 7,00 h com a Feira (quinzenal), seguidas às 10,30 h com a missa solene na Igreja Matriz em honra da Virgem, com a qual encerram esses momentos que assinalam as Feiras Novas, Festas de Setembro, Festa da Senhora das Dores ou Festas de Ponte de Lima, como são referidas em documentos desde a sua fundação em 5 de Maio de 1826, então reinado de D. Pedro IV.

Mas em ano atípico para a Festa, (que não há), a segurança e regras sanitárias em vigor serão apertadas! O Comando local da PSP visitou todos os comerciantes da restauração, informando do cumprimento rígido do horário de funcionamento. Assim, bares, cafés e restaurantes terão de encerrar à 1 hora da madrugada, pela legislação em vigor.

É que, ou por férias agendadas, ou por tradição e visita a familiares e amigos, ou quiçá descobrir o Portugal interior, minhoto, com fim de semana de calor, é aguardada alguma movimentação de turistas, forasteiros por estes três dias!

A confirmar tal afirmação, sabemos que alojamento local, hotéis e residenciais têm a sua capacidade quase esgotada, assim como aumentaram hoje as reservas para encontros `a mesa. As escolhas, antecipadas de menú, apostam na cozinha regional, designadamente na vila e freguesias vizinhas da Correlhã e Ribeira, com Sarrabulho à moda de Ponte de Lima e Bacalhau confecionado de várias maneiras; ou, um Leitão à Bairrada, em Arcozelo, segundo pesquisas efectuadas.

A vivacidade está presente na Festa Limiana: é que, muitos são os que trajam com t -. Shirts de anos anteriores, chapéus de palha, lenços e outros adereços recordativos, para além de montras decoradas sob o tema FEIRAS NOVAS sempre…

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.

Tito Morais
Author: Tito Morais
Colaborador convidado
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Candidatura de Rui Gomes da Silva às eleições do Benfica formalizada na Luz https://t.co/1aF5z3dRXo
Francisco Guerreiro recusa financiamento de atividades tauromáquicas pela PAC https://t.co/Hg6x5sNqDW
"É necessário assegurar a diversidade geográfica da abertura das mesas de voto", Pedro Rupio https://t.co/rZo1l8mTns
Follow Jornal das Comunidades on Twitter