O condutor do carro que caiu ao rio Cávado, ao princípio da noite de quarta-feira, foi identificado como José Lima, jornalista do "Diário do Minho".

Natural de Viana do Castelo, José Lima vivia em Braga. Morreu, quarta-feira, no despiste da viatura que conduzia na barragem da Caniçada, na freguesia de Ventosa, em Vieira do Minho, apurou o JN no local.

Silvestre Paglia, a única testemunha ocular da queda na Albufeira da Caniçada, junto às Pontes de Rio Caldo, que dividem os concelhos de Vieira do Minho e Terras do Bouro, afirmou ao JN que "o carro vinha em excesso de velocidade e nem sequer travou, caiu de imediato ao rio".

Um acidente inexplicável para os amigos, que viam em José Carlos alguém feliz com a vida.
Para o local, e de acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro de Braga, foram mobilizados 33 operacionais, apoiados por 14 veículos, entre os quais dois barcos.

Nos trabalhos de socorro, estão envolvidas corporações de bombeiros de Vieira do Minho, Taipas, Famalicenses e Barcelos.

Para o local, foi também mobilizada uma viatura médica de emergência e reanimação.

Pub

Tony Da Silva
Director o luso.eu e operador de camera na CBN News / Jornalismo
Pode ler mais sobre este colaborador

Entre em contacto :  Tony da Silva Perfil: Info

Artigos deste Autor: