NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi

A bem sucedida reindustrialização têxtil

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A Associação Têxtil e Vestuário de Portugal organiza hoje uma conferência de imprensa, na REPER Portugal, em Bruxelas com o intuito de partilhar: o conhecimento de experiência feito acumulado no sector têxtil (1) a historia de sucesso da extraordinária capacidade de sobrevivência e adaptação à mudança da industria têxtil portuguesa (2).

“O nosso dia a dia não é fácil. Trabalhamos na mais difícil das industrias. Para ter sucesso é preciso acreditar e ter uma grande vontade de vencer. Nós conseguimos e temos orgulho nisso”, afirma Paulo Vaz, Director da ATP.

Paulo Vaz relembra que em 2016, as exportações têxteis portuguesas ultrapassaram a barreira dos cinco mil milhões de euros, batendo um recorde que durava desde 2001, quando o setor tinha o dobro das empresas e do emprego. Um recorde que vai voltar a ser quebrado este ano, com uma progressão de 4%, bem acima dos 2,5% estimados para o crescimento do PIB nacional.

“Durante os anos da crise, quando muitas empresas desapareceram, o meu maior receio foi que a nossa industria têxtil e de vestuário perdesse a massa critica necessária para atrair as marcas a virem cá fazer a suas colecções. Felizmente, conseguimos manter, concentrada num raio de 50 quilómetros, a oferta de um conjunto de especialidades que justificação a deslocação dos clientes ao nosso país”, refere Manuel Gonçalves, membro da direção do Cluster Têxtil.

Pub


Últimos Tweets

Dois mortos no incêndio em cobertura de prédio na Baixa de Lisboa https://t.co/SIDH0ZWJRM
Pedrógão Grande: Presidente do Revita não teve queixas mas vai avaliar denúncias https://t.co/SQqd6oCVw0
Jovens de Caminha contribuem com três projectos para o Orçamento Participativo Jovem de Portugal https://t.co/VHsZlQoVZl
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter