Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Setembro é data prevista para construção do mercado municipal de Caminha

ID:N°/ Texto: 5621
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Décadas de espera e, segundo a Câmara Municipal de Caminha, Setembro é o mês em que se prevê arrancar com a construção do mercado municipal de Caminha.

“Combinamos com todos os comerciantes do Mercado que não iriamos perturbar a actividade comercial durante o verão e, por isso, estamos a preparar tudo para arrancar com as obras depois de Agosto. Vamos ter que demolir o espaço existente, criar uma zona de segurança, “inventar” um Mercado provisório, ajustar o espaço da ocupação da feira semanal”, avançou Miguel Alves, presidente do município.

O Tribunal de Contas já deu visto prévio à empreitada para o novo mercado municipal cuja empreitada foi adjudicada por 630 mil euros.
O projecto de arquitectura é assinado por Rui Rosado Correia e Tiago Sousa e a nova estrutura será composta por quatro lojas viradas a sul, 12 bancas para venda de peixe, fruta e legumes, zonas de cargas e descargas, armazéns de frio, viveiro e outras valências.

Na parte exterior, o novo mercado vai ter várias colunatas que permitem a transparência do mercado e ao mesmo tempo proteger do sol as pessoas que trabalham no espaço.

“Já não é promessa, é o princípio de uma nova realidade”, acrescentou o edil camarário que ainda adiantou que várias “contingências impediram a câmara de avançar com esta obra urgente há mais tempo, nomeadamente de natureza legal, uma vez que o direito de superfície dos terrenos em causa tinha sido cedido a privados”.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.

 

Isabel Varela
Jornalista / colaboradora
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Lisboa a Lagos e Ceuta 600 anos depois https://t.co/haCCQyQx8h
Covid-19: Autarcas da AMLisboa podem alterar horário de funcionamento do comércio - Governo https://t.co/rAyTdbQfMR
Covid-19: Portugal com mais seis mortes e 325 novos casos nas últimas 24 horas https://t.co/6raV0XLVbL
Follow Jornal das Comunidades on Twitter