Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Aumentou 0,37% o número de casos por Covid 19 no concelho de Caminha

ID:N°/ Texto: 5099
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Segundo dados revelados pela Câmara Municipal de Caminha no concelho o número de casos por infecção pulmonar por Covid 19 subiu para 10, um crescimento na ordem dos 0, 37%.

Esta autarquia revelou que a "informação que tenho da localização dos casos é dada pelas próprias famílias. Não é disponibilizada informação oficial ao Município sobre a residência dos positivos COVID 19.".

Assim, o concelho de Caminha continua a ser o 3º concelho do Alto Minho com casos confirmados.
Quanto a perdas do concelho desde que se iniciou o estado de emergência, ainda não foram contabilizadas ... Mas, a autarquia local adianta que "as medidas de apoio às empresas e às instituições já implementadas no concelho de Caminha custam 200 mil euros aos munícipes. Os custos directos para as empresas e para a economia estão longe de estar contabilizados.".

Além de todas as preocupações que acarreta a actual pandemia, os idosos são uma preocupação constante. Concretamente, no concelho de Caminha existem 170 idosos residentes em lares e a autarquia caminhense está em “permanente articulação com os mesmos. “ As instituições estão a fazer um trabalho de enorme qualidade e as suas trabalhadoras têm sido umas heroínas na dedicação que colocam em tudo o que fazem. As coisas podem piorar mas as instituições tudo têm feito para proteger os seus utentes e funcionários”, salientou Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha.

No distrito de Viana do Castelo existem 2.328 idosos residentes em lares, sendo que 1/3 utentes e funcionárias dessas instituições estão infectadas.
Neste sentido, o presidente da Comissão Distrital de protecção civil de Viana do Castelo pediu ao Governo a activação do Plano Distrital de Emergência para combater a covid-19 nos lares da região.

Um dos problemas é o acolhimento de idosos que estando infectados não apresentam sintomas. E, por outro lado, está a ser estudada a abertura de um lar de retaguarda , com 50 camas, na Pousada da Juventude de Viana do Castelo para apoiar instituições de idosos do distrito que não tenham condições para isolar idosos infetados, mas sem sintomas da doença, ou recursos para garantir o seu acompanhamento”.

 

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.

Isabel Varela
Jornalista / colaboradora
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Covid-19: Mais seis mortes e 291 novos casos nas últimas 24 horas em Portugal - DGS https://t.co/2ATPui9UEr
Educação. Formação. Competitividade https://t.co/FzewtfPKs8
Livro musical inédito em Portugal https://t.co/bKPj5dlp36
Follow Jornal das Comunidades on Twitter