Covid-19: Utentes de lar de Famalicão transferidos para hospital militar do Porto

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) –  Os utentes do lar de Famalicão que no sábado ficou sem funcionários devido à covid-19 vão hoje ser transferidos para o Hospital Militar do Porto, revelou à Lusa fonte oficial da autarquia famalicense.

Em causa estão “32 utentes” e um processo que vai começar “brevemente, ainda hoje”, estando o transporte entre Famalicão, no distrito de Braga, e o Porto assegurado “por ambulâncias de corporações do concelho [de Famalicão], no caso dos idosos sem mobilidade, e por viaturas militares”, disse a mesma fonte.

A solução para os utentes do lar que ficou sem funcionários depois de os 18 que ali trabalham terem ficado “ou com teste positivo para coronavírus ou em quarentena” foi “concertada entre a Câmara de Famalicão, a Proteção Civil distrital de Braga e as autoridades de saúde”, acrescentou.

Estatísticas mundiais do coronavírus

«É preciso usar métodos da guerra biológica» para travar o coronavírus, diz Carvalho Rodrigues (Actualizado C/VÍDEO)

Covid-19: Valença preparada para receber emigrantes em “segurança”

EMPRESAS: Startup portuguesa Flow adere à iniciativa Tech4Covid19


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Últimos Tweets

Euribor sobem a três, seis e 12 meses para máximos desde setembro https://t.co/dMDsvVr724
Covid-19: PR timorense autoriza transferência de Fundo Petrolífero https://t.co/qIlepIg2da
ENTREVISTA: Covid-19: Em termos económicos estamos pior que “numa situação de guerra” – Daniel Bessa https://t.co/bid6IQu6W5
Follow Jornal das Comunidades on Twitter