Aulas na Secundária de Caminha transferidas para contentores

ID:N°/ Texto: 4371
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Na passada terça-feira, dia 3 de Dezembro, uma dezena e meia de contentores começaram a ser instalados junto à Secundária Sidónio Pais em Caminha, marcando o início das obras de requalificação e ampliação daquela escola.

Um investimento que ronda os 3,5 milhões de euros e que corresponde a “uma aspiração antiga da comunidade escolar, que este executivo vai agora concretizar”, é referido em nota informativa da Câmara Municipal.

Os contentores vão acolher as aulas, enquanto as obras se concretizam. A transferência dos equipamentos dos edifícios será feita durante as férias de Natal. "Por vontade do Agrupamento, a obra começa agora, por forma a acautelar, na medida do possível, a perturbação que um empreendimento desta envergadura sempre implica", informa a autarquia caminhense.

“Foi um processo difícil, mas conseguimos e esta é uma vitória que vai fazer a diferença nesta e nas próximas gerações. Até já havia quem se questionasse sobre se a obra da Escola Secundária Sidónio Pais seria mesmo uma realidade”, referiu Miguel Alves, líder da autarquia.

A Escola Secundária Sidónio Pais situa-se num lote desnivelado de 22.340m2, na freguesia de Vilarelho, Caminha.

“Temos finalmente em marcha um projecto muito ambicioso, que encomendamos a um arquitecto que é professor na escola, o que faz toda a diferença. Investimos, neste processo, três anos de trabalho, mas chegamos à obra. Porventura ao contrário do passado, houve vontade política, fez-se o projeto e garantiu-se o dinheiro”, refere o presidente da Câmara.

 

 


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Últimos Tweets

Eutanásia: Líder do PSD vai votar a favor da despenalização https://t.co/o1vZJW2uBp
O preço da indiferença https://t.co/48AjmkQ2Uw
IRMÃOS CARDOSO – DEPOIS DE PARIS E LONDRES, MÚSICA POPULAR NA SUA TERRA! https://t.co/WudwCoAZA1
Follow Jornal das Comunidades on Twitter