Euforia rumo S. João d’Arga

ID:N°/ Texto: 4114
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

"Ó meu Senhor S. João / Casai-me que bem podeis / Já tenho teias de aranha / Naquilo que bem sabeis"…
Esta será certamente uma das quadras que se fará ouvir no próximo dia 28 de Agosto, altura em que acontece uma das mais genuínas festas minhotas, a romaria a S. João de Arga.
Este ano no início de cada celebração eucarística decorrerá a bênção dos sobreiros que cada peregrino poderá levar para casa. Será uma espécie de compromisso que cada peregrino assumirá para fazer o que estiver ao seu alcance pela proteção ambiental.

O mosteiro de S. João de Arga irá receber na noite de quarta para quinta-feira milhares de peregrinos que movidos pela fé”, sobem a serra para venerar o santo milagreiro, numa romaria secular, considerada das mais típicas em Portugal.

Todos os romeiros pedem todos os anos a São João Batista cura para quistos, verrugas, doenças de pele e infertilidade, ou mesmo uma ‘ajudinha’ para arranjarem casamento. O «penedo do casamento» é dos pontos mais característicos e conhecidos, nomeadamente por aqueles que procuram o par ideal. Para que o desejo seja atendido, as pessoas têm de executar uma pequena tarefa: atirar uma pedra para o penedo e esperar que ela se mantenha lá em cima à primeira. É sinal de que se casará dentro de um ano. Se só acertar à segunda tentativa o casamento só acontecerá dentro de dois anos. A lógica mantém-se até acertar.

Se uns são movidos pela fé, outros romeiros procuram a festa para ouvir as concertinas, o despique das bandas de música que tocam no adro ou simplesmente para beber “chiripiti”, uma mistura de mel, produzido naquela serra, com aguardente “para espantar o frio” …
Todos rumo a S. João de Arga! …


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Últimos Tweets

Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos https://t.co/XRwkArEQcR
Quando a fraqueza nos torna mais fortes https://t.co/XVjbXlZokJ
FALECEU A FADISTA TERESA TAROUCA https://t.co/yYAgFXhdlv
Follow Jornal das Comunidades on Twitter