Motoristas: Governo diz que tentou “por todas as vias” que não houvesse “pré-condições”

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – O ministro das Infraestruturas garantiu hoje que o Governo tudo fez para que patrões e sindicatos não fossem para a mesa de negociações com “pré-condições”, mas a estrutura que representa os motoristas não aceitou esta condição.

“Tentámos por todas as vias fazer com que as partes deixassem cair as pré-condições. Uma das partes não quis, mas, obviamente, uma mediação tem como objetivo chegar a resultados, eles não podem ser impostos antes de a mediação se iniciar”, afirmou Pedro Nuno Santos aos jornalistas, no Ministério das Infraestruturas e da Habitação, em Lisboa.

O Governo aprovou na segunda-feira, em reunião eletrónica do Conselho de Ministros, o fim da crise energética declarada há 10 dias devido à greve de motoristas de pesados, a partir das 23:59 desse dia.

No domingo, o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) decidiu, em plenário, desconvocar a greve, que se iniciou no dia 12.

A paralisação foi inicialmente convocada pelo SNMMP e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM), mas este último desconvocou o protesto na quinta-feira à noite, após um encontro com a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram) sob mediação do Governo.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Últimos Tweets

Ventura “farto” dos que “boicotam” direção do Chega será novamente candidato https://t.co/RyjxfbaqGp
Covid-19: Governo antecipa pagamentos de fundos comunitários aos agricultores https://t.co/FWegl86eFo
Covid-19: Trump quer desporto de regresso “assim que possível” https://t.co/NKKLUoR1qw
Follow Jornal das Comunidades on Twitter