Incêndios: PJ recolheu elementos de natureza criminosa sobre fogo da Sertã

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - A Polícia Judiciária já recolheu indícios e elementos de natureza criminosa sobre o incêndio que deflagrou no sábado no concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, disse hoje à Lusa fonte oficial.

A mesma fonte adiantou que já foram recolhidos no terreno “alguns elementos e artefactos que poderão ter estado na origem do incêndio”.

Estes incêndios, sublinhou, tiveram da parte dos alegados autores um “conhecimento e preocupação significativa”, nomeadamente porque os pontos e o momento escolhido, “cerca das 14:40, foram de forma a potenciar prejuízos patrimoniais e até pessoais”.

Elementos da diretoria do Centro da PJ estão no terreno e continuam a investigação à ocorrência.

O incêndio no concelho da Sertã, que ao início da noite de hoje foi dado como dominado, dura há mais de 24 horas e mobiliza quase 300 operacionais e dois meios aéreos.

Também no distrito de Castelo Branco, começou à mesma hora de sábado um incêndio na localidade de Fundada, Vila de Rei, que se estendeu depois ao concelho de Mação, permanecendo ativo há quase 29 horas e que está a ser combatido por 855 operacionais, apoiados por 262 viaturas e 15 meios aéreos.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Amazónia: Macron acusa Bolsonaro de mentir e diz-se contra o acordo UE-Mercosul https://t.co/pG3CBaXmRt
PSP convencida de “policiamento de sucesso” em Benfica-FC Porto de risco elevado https://t.co/NCqs4FgWrc
Amazónia: Bruxelas está “profundamente preocupada” e apoia debate pedido por Macron https://t.co/xLU3RY97Uj
Follow Jornal das Comunidades on Twitter