Fim de semana com temperaturas amenas no litoral e perto dos 40 no interior

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – O fim de semana vai ser marcado por temperaturas mais amenas no litoral em oposição ao interior onde os termómetros podem chegar aos 37 graus em Castelo Branco e aos 36 em Évora e Beja, segundo o IPMA.

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) Paula Leitão, as temperaturas vão sofrer ligeiras oscilações, mas não se alteram significativamente.

“Hoje há uma tendência para subirem ligeiramente e amanhã [sábado] descem também ligeiramente. Só a partir de segunda-feira é que se prevê que comecem a subir com mais condições para aviso de tempo quente”, disse.

Segundo Paula Leitão, até segunda-feira as temperaturas no litoral não deverão chegar aos 30 graus, mas no interior vão estar acima dos 30 e em alguns locais próximas dos 40 graus.

“No domingo temos Castelo Branco com 37 graus, Évora e Beja com 36, Portalegre e Bragança com 34 e Guarda com 32. Lisboa fica-se pelos 28 e Aveiro não ultrapassa os 24 graus”, indicou.

Por causa do tempo quente, o IPMA emitiu aviso amarelo para os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Guarda e Évora até às 18:00 de hoje.

O IPMA prevê também para o fim de semana céu limpo durante a tarde e durante a manhã neblinas e nevoeiros e vento a aumentar de intensidade durante a tarde.

Segundo Paula Leitão, a partir de segunda-feira as temperaturas começam a subir, mas também vai haver alguma instabilidade com possibilidade de aguaceiros e trovoadas nas regiões do interior.

“Com a subida de temperatura na próxima semana, especialmente nas regiões do interior, o risco de incêndio vai agravar-se durante a semana”, disse.

Na sequência das condições meteorológicas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) divulgou na quinta-feira um aviso de aumento do risco de incêndios a partir de hoje.

“De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA, prevê-se (…) uma subida gradual da temperatura máxima e a diminuição da humidade relativa”, refere a ANEPC em comunicado, explicando que as condições meteorológicas são favoráveis à ocorrência de incêndios.

Segundo o documento, que divulga as condições meteorológicas previstas para hoje, sábado e domingo, existe um aumento gradual do risco de incêndio com condições favoráveis à rápida propagação de incêndios.

Este risco é maior “nos concelhos com níveis que variam entre elevado a máximo” dos distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu.

A ANEPC recorda que para os locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja muito elevado ou máximo, não é permitida “a queima de matos cortados e amontoados, o uso de fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, exceto se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito, o lançamento de balões com mecha acesa e de foguetes ou o fumigar ou desinfetar apiários, exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas”.

No documento, a ANEPC recomenda a “adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural”.


RECOMENDADOS PARA SI

No restaurante Ricardos

BOM DIA HOJE 20/09

  • ARROZ DE CABIDELA
  • LULAS C/ MOLHO DE CARIL

Reserva on-line

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
17
18
19
22
23
24
25
26
28
29
30

Últimos Tweets

SARRABULHO E BACALHAU DE CEBOLADA JUNTA EMIGRANTES EM PARIS https://t.co/wzD9URqAvw
LE: Vitória de Guimarães arranca com derrota em Liège https://t.co/V2sxoQEr0O
Brexit: Especialistas apresentam alternativa ao ‘backstop’ https://t.co/escO694f7D
Follow Jornal das Comunidades on Twitter