(Lusa) – Vários caixotes do lixo foram incendiados esta noite na zona da Bela Vista, em Setúbal, disse à agência Lusa fonte da PSP, explicando que estão no local equipas da Unidade Especial de Polícia.

“Temos algumas situações na noite de hoje que estamos a acompanhar de perto. Trata-se de caixotes do lixo incendiados em vários locais da Bela Vista, em Setúbal, cerca de uma dúzia de ocorrências até ao momento”, disse à agência Lusa fonte da PSP, cerca das 00:30.

Segundo a mesma fonte, não existem detenções confirmadas até ao momento.

“Temos no local os meios adequados para garantir a segurança, com equipas da Unidade Especial de Polícia. As ocorrências foram em locais distantes e em diversas ruas na zona”, acrescentou.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à agência Lusa que os bombeiros foram chamados para três ocorrências - incêndios em caixotes do lixo - durante o dia de terça-feira na Bela Vista e pelo menos para mais seis ocorrências desde o início da noite.

A PSP reforçou esta terça-feira o policiamento com elementos da Unidade Especial de Polícia na Bela Vista, em Setúbal, e em algumas zonas de Loures e Odivelas (distrito de Lisboa), após incidentes registados durante a noite, com o lançamento de “cocktails Molotov” contra uma esquadra e o incêndio de caixotes e de várias viaturas.

Em comunicado, a PSP informou que continua as investigações a estes incidentes, “nada indiciando, até ao momento, que estejam associados à manifestação” de protesto contra uma intervenção policial no bairro da Jamaica, no Seixal (Setúbal).

Após a manifestação em frente ao Ministério da Administração Interna na segunda-feira, em Lisboa, quatro pessoas foram detidas na sequência do apedrejamento de elementos da PSP por participantes no protesto, convocado para dizer "basta à violência policial” e “abaixo o racismo”.

Este protesto ocorreu um dia depois de incidentes em Vale de Chícharos, conhecido por bairro da Jamaica, entre a PSP e moradores, de que resultaram feridos cinco civis e um polícia, sem gravidade.

O Ministério Público e a PSP abriram inquéritos aos incidentes no bairro da Jamaica.

Os quatro manifestantes detidos em Lisboa vão ser julgados sumariamente em 07 de fevereiro.

Pub


Pub