Arlindo de Carvalho e Oliveira e Costa condenados no processo BPN

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - O antigo ministro Arlindo de Carvalho e o ex-presidente do BPN Oliveira Costa foram hoje condenados por burla e fraude fiscal num processo ligado ao caso BPN.

Arlindo de Carvalho foi condenado a seis anos de prisão por burla qualificada e fraude fiscal e Oliveira e Costa a 12 anos de prisão por dois crimes de burla.

O acórdão do julgamento do antigo ministro Arlindo de Carvalho e do ex-presidente do BPN Oliveira Costa foi hoje lido no Juizo Central Criminal de Lisboa.

Dos oito arguidos singulares do processo e sete foram condenados a penas de prisão por burla e fraude fiscal.

Pub


RECOMENDADOS PARA SI