Lisboa, 11 Jul (Lusa) – A Polícia Judiciária deteve hoje 56 homens, quatro deles em flagrante delito, no âmbito de uma operação que visou o grupo de motociclistas Hells Angels em várias zonas do país.

Em conferência de imprensa, o diretor nacional da PJ e a coordenadora da Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo explicaram que esta ação estava programada há algum tempo e que estão em causa crimes de tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física, associação criminosa, lenocínio e extorsão.

Entre os 56 detidos, estão cinco cidadãos estrangeiros, da Alemanha e da Finlândia, e vários elementos da segurança privada.

Na operação estiveram envolvidos cerca de 400 elementos da PJ.

Pub