«É um grande esforço que visa minimizar os riscos, mas que terá de ser acompanhado pelos particulares», é uma afirmação da Câmara Municipal de Caminha adiantando que nos últimos 6 meses o município avançou com 260 mil euros para acções relacionadas com a floresta e prevenção contra fogos.

Assim, neste momento, em termos de execução de faixas de gestão de combustível com recurso a silvicultura (Programa de Sapadores, Município, Baldios, Privados), foram desenvolvidas ações em 246,64 hectares.

Na gestão de combustíveis com recurso a Fogo Controlado há a registar trabalhos em mais 80,489 hectares e em matéria de beneficiação da Rede Viária Florestal foram realizadas intervenções ao longo de 19 quilómetros.

Pub