A Câmara Municipal de Caminha, a Federação de Andebol de Portugal, a Associação de Andebol de Braga, o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais e o Clube Andebol de Caminha apostam fortemente no Andebol e vão trabalhar conjuntamente para que a modalidade «sofra um novo impulso no concelho e recupere a importância que já teve».

Hoje foi formalizado o protocolo através da assinatura entre as entidades referidas e que visa «a realização de um “Plano de Desenvolvimento do Andebol no Concelho de Caminha» e todos os signatários se comprometeram a «trabalhar , designadamente, nas áreas da qualificação dos técnicos, formação em geral, divulgação e, entre outros, na realização de uma grande festa anual do Andebol».

José Esteves, responsável do Clube Andebol de Caminha, recordou que «o Andebol tem uma história de sucesso no concelho, desenvolvida ao longo de três décadas. Este responsável também recordou o «contributo decisivo do caminhense Fernando Lima, o grande entusiasta do Andebol, que contagiou muitos com o seu entusiasmo, esteve na origem da criação do clube, mas também na concretização de um grande projecto, que foi a construção do Pavilhão Desportivo Municipal de Caminha, que seria a casa do Andebol, anteriormente acolhido na então escola, hoje Agrupamento de Escolas Sidónio Pais».

Por sua vez, Miguel Alves, presidente da autarquia caminhense, também elogiou Fernando Lima pelo «impulso que deu ao Andebol». Agradeceu, ainda, à Federação por «perceber a diversidade geográfica e valorizar o que acontece a nível local».

Este protocolo, lembrou Miguel Alves, «é importante e constitui mais um passo do enorme investimento que o Município tem vindo a fazer no desporto, designadamente nos últimos três anos. É um investimento que não enche páginas, não alimenta discussões, mas que é real e decisivo».

Pub

Isabel Varela
Jornalista / colaboradora
Pode ler mais sobre este colaborador
Artigos deste Autor: