NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi

«Caminha no pior lugar de sempre no Índice de Transparência Municipal»

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

«Caminha no pior lugar de sempre no Índice de Transparência Municipal»
- afirma o PSD e o executivo não responde

«Falta de transparência»é a acusação feita pelo Partido Social Democrata de Caminha e que agora vê as suas acusações corroboradas pelo estudo efectuado pelo TIAC

(Transparência, Integridade, Associação Cívica) e os seus parceiros.

TIAC foi constituída em 2010, tendo como finalidade geral promover a legalidade democrática e a boa governação, combatendo a corrupção e fomentando os valores da transparência, integridade e responsabilidade na opinião pública, nos cidadãos e nas instituições e empresas.

Em 308 Municípios, Caminha aparece na posição 235ª. «Uma queda de cerca de 200 lugares desde que o actual presidente assumiu funções no nosso concelho», acusam os sociais democratas.

Esta força política assenta também as suas acusações nas contratações e contractos não «estarem publicados atempadamente», porque em Caminha «segue -se a regra do manda-se fazer” e só depois se fazem os contractos».

Também alertam para a contratação de mais de 40 pessoas a recibos verdes feitos pelo actual executivo socialista e que «servem para contornar as leis da contratação pública, que permite igualdade de acesso e oportunidades a todos». Neste aspecto, o PSD diz não entender e deixa uma interrogação.« Nunca percebemos, se eterminados lugares precisam de ser ocupados porque fazem falta ao bom funcionamento do Município, porque é que não promovem o concurso legal para o efeito?!

Será que o motivo se pode prender com o facto de não querem que qualquer pessoa concorra a esses lugares? Parece-nos que essa é uma forma política de conseguirem ter as pessoas “presas” à sua governação com medo de perderem esse vínculo, mesmo que precário».

Dúvidas e interrogações que colocamos ao presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves, mas às quais não obtivemos resposta.

Pub
 

 


Últimos Tweets

Encontro com Talentos do Concelho https://t.co/w5EPLHDVnB
Dois mortos no incêndio em cobertura de prédio na Baixa de Lisboa https://t.co/SIDH0ZWJRM
Pedrógão Grande: Presidente do Revita não teve queixas mas vai avaliar denúncias https://t.co/SQqd6oCVw0
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter