NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi

Raríssimas: Situação é "muito grave" e presidente pede donativos

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A presidente da Raríssimas afirmou dia 09 fev que a situação da associação é "muito grave" e apelou para a ajuda de todos os portugueses, principalmente dos mecenas, para conseguir salvar a instituição.

Sem especificar valores, nomeadamente da quebra dos apoios desde o escândalo que abalou a instituição, a presidente da Raríssimas disse que encontrou a associação numa situação "muito delicada."

Em janeiro, a quebra dos donativos dos mecenas foi significativa, embora a presidente não especifique valores.

Numa conferência de imprensa marcada para assinalar o primeiro mês da nova direção da Associação, a presidente revelou que já foram efetuados alguns cortes, como uma viatura que tinha "um custo não aceitável", e ainda ao nível de alguns aumentos salariais que não se vão verificar.

As dívidas com os fornecedores estão a ser negociados e os salários a serem pagos, afirmou.

Pub
 


Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.

Últimos Tweets

Autarca de Caminha recandidata-se à distrital do PS https://t.co/cg6hCQRicc
Conferência anual da juventude luso Americana https://t.co/ughrkL86Aj
Câmara de Caminha e sindicatos assinaram ACORDO COLETIVO https://t.co/zSwVOstfPL
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter