Foi assinado um protocolo entre a Câmara Municipal de Caminha e Associação de Acção Social ETHOS cujo «objectivo é prestar aos alunos do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, com necessidades educativas especiais, acompanhamento especializado, nomeadamente actividades terapêuticas assistidas por cães».
O município caminhense investiu 5.248,00€ na promoção de uma aprendizagem inclusiva.

A autarquia de Caminha pretende deste modo ««melhorar a qualidade de vida de crianças e jovens com deficiência, incapacidades, em risco de exclusão social, expostos a episódios traumáticos, hospitalizados de longa duração, ou outras necessidades especiais suscetíveis de intervenção, no âmbito da educação, da saúde ou da assistência social».

A ETHOS é uma Associação de Acção Social sem fins lucrativos, que foca a sua actividade na intervenção educativa e terapêutica assistida por cães (IETAC). A ETHOS também está a realizar mais quatro sessões semanais de educação e terapia assistida por cães a alunos do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, cujas características individuais assim o exijam. Estas sessões decorrem nos estabelecimentos de ensino do concelho e em estreita articulação com o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais.

Pub






Isabel Varela
Jornalista / colaboradora
Pode ler mais sobre este colaborador
Artigos deste Autor: