Portugal

ID:N°/ Texto: 4778

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

“Estamos a trabalhar com aquilo que o Estado não preparou. E teve tempo, meus amigos. Teve tempo.” As palavras são de Joana Barroco, uma jovem médica natural de Chaves. O desabafo foi feito ontem, 17 de março, através das redes sociais, e terminou com um pedido aos governantes portugueses: “Declarem estado de emergência”.

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
7
17
18
19
24
25
26
27
28
29

Últimos Tweets

Incêndios: Área ardida diminuiu mais de metade até 30 de junho https://t.co/UHYISd1Mxv
Covid-19: Polícia mata homem em Luanda ao repreender jovens que não usavam máscara https://t.co/pIAWPdlcWH
Vilas People abre com Tiago Bettencourt https://t.co/qQs7Zztq2V
Follow Jornal das Comunidades on Twitter