NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi

Portugal e a Lusofonia, referências de Diálogo

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Neste dia, direcionado às comemorações do “Dez de junho”, é importante, e benéfico, destacar a riqueza dos recursos humanos Portugueses,  bem como de todas as pessoas que escolhem Portugal para se envolverem na investigação científica e tecnológica, porque é sabido que em todos os países do mundo há Portugueses a desempenhar funções de grande responsabilidade, que exigem conhecimentos profundos, experiência comprovada e resultados substanciais, nas áreas profissionais em que exercem as suas atividades.

Atualmente, quem reside em Portugal, apesar dos fracos recursos materiais e financeiros, ainda assim, sabe que: pode usufruir de um serviço nacional de saúde, tendencialmente gratuito; de um sistema de educação público que é de excelente qualidade, seja nos ciclos obrigatórios, seja no superior; igualmente pode beneficiar de formação contínua e profissional de elevada qualidade e atualização permanentes, através dos cursos médios ou superiores, estes ministrados pelos Institutos Superiores Técnicos.

Acredita-se que, esteja para breve, um novo projeto para qualificar as pessoas, não nos moldes da Iniciativa Novas Oportunidades, de resto, de excelentes resultados, mas incompreensivelmente desmantelada, em agosto de 2012. O Projeto Qualifica, assim designado, pensa-se que já implementado, terá metodologias, estratégias, conteúdos e avaliações diferentes., desejavelmente, para bem melhor.

Existem, portanto, inúmeras razões para Portugal ser considerado um país de futuro, em que uma certa tranquilidade, bastante segurança, perspetivas de melhoria das condições de vida para toda a população, enfim, um espaço europeu de grande evolução científica, tecnológica e económica, assim o desejem os responsáveis: governantes, empresários, instituições, organizações de qualquer natureza legal, e a denominada sociedade civil, com todo o peso da sua cultura.

Neste dia, elogiamos, também, com total justiça, mérito e orgulho o Poeta Maior da Língua, que une mais de duzentos milhões de falantes, para além de já ser considerada um dos principais idiomas, atualmente utilizado nos grandes fóruns internacionais. Num breve parêntesis, que muito me honra, Luís Vaz de Camões, é o meu patrono na Academia Lavrense de Letras – Lavras-MG – Brasil, na qual ocupo a cadeira perpétua Nº XXI e também as funções de correspondente internacional.

Invocando, agora, um pouco, a figura impressionante do Grande Poeta Lusitano, Luís Vaz de Camões, deve-se incluir neste trabalho, não a sua biografia, mas apenas um extrato do que foi a sua obra literário-poética mais grandiosas, O poema "Os Lusíadas", funde elementos épicos e líricos e sintetiza as principais marcas do Renascimento português: o humanismo e as expedições ultramarinas. Inspirado em A Eneida de Virgílio, narra fatos heroicos da história de Portugal, em particular a descoberta do caminho marítimo para as Índias por Vasco da Gama. No poema, Camões mescla fatos da História Portuguesa à intrigas dos deuses gregos, que procuram ajudar ou atrapalhar o navegador. (…)»

(in: https://www.ebiografia.com/luis_camoes/)

Pub
 

Diamantino Bártolo
Pode ler mais sobre este colaborador

Entre em contacto : Diamantino Bártolo Perfil: Info

Artigos deste Autor:

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
2
3
4
5
6
8
11
13
14
15
18
19
20
21
22
23
24
25

Últimos Tweets

Tapetes floridos de Caminha em exposição https://t.co/dOZMSz7CUG
Argela recebe investimento de meio milhão de euros https://t.co/SPcOrn3dFe
From Vimeo
Acabei de carregar "Estreias 20 Junho" no #Vimeo: https://t.co/LItWCN5zQV
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter