2.ª edição do IncluEuropa celebra história e cultura europeia
O Colégio dos Jesuítas do Funchal foi, durante o dia de hoje, o palco da primeira fase das “Olimpíadas da Europa”, iniciativa integrada no projecto IncluEuropa e que contou com a participação de doze escolas.

Na sua mensagem, deixada aos jovens estudantes, na cerimónia de abertura da 2.ª edição do projeto, Liliana Rodrigues vincou a importância da continuidade do IncluEuropa, uma iniciativa que “vem mostrar a importância dos clubes europeus nas nossas escolas e o papel fundamental que têm na solidez cultural e social europeia”.

A eurodeputada socialista afirmou que os jovens participantes do projecto são “os mais importantes embaixadores de uma União Europeia que continua a ser construída” e deixou ainda uma palavra aos professores responsáveis pela coordenação dos alunos, pelo “trabalho, pela orientação e pelo incentivo aos jovens para o projecto europeu”.

A cerimónia de abertura contou com a presença de Jorge Carvalho, Secretário Regional da Educação, que no seu discurso aproveitou para destacar o “mercado de oportunidades” que é o território europeu, um espaço com “cerca de 500 milhões de habitantes, entre quase três dezenas de países”, tanto a nível da mobilidade, como da formação. O Secretário Regional salientou ainda os princípios que norteiam o projecto europeu, como a paz, a tolerância e os princípios da solidariedade e da cidadania.

Na primeira fase das “Olimpíadas da Europa”, das 12 escolas que marcaram presença esta tarde no Colégio dos Jesuítas, apenas seis conseguiram o apuramento para a segunda fase: a Apel, a Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, a Básica e Secundária de Machico, a Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia, a Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Santo António e o CEPAM - Conservatório Escola Profissional das Artes da Madeira - Engº Luíz Peter Clode.

Escola de Santo António, Escola Padre Manuel Álvares, Escola Profissional Conservatório da Madeira, Escola Horácio Bento de Gouveia e Escola de Machico.
Estas seis escolas voltarão a medir conhecimentos no próximo dia 18 de Abril. O vencedor desta segunda fase tem como prémio uma viagem ao Parlamento Europeu. O prémio será atribuído no dia 9 de Maio, numa cerimónia em que será anunciado o vencedor do “Concurso de Curtas-Metragens”.

O Projeto “IncluEuropa” é uma parceria entre o Gabinete da Eurodeputada Liliana Rodrigues e a Secretaria Regional de Educação, através da Direção Regional de Juventude e Desporto.

Trata-se de um projeto educativo que visa aproximar os estudantes da Região Autónoma da Madeira à União Europeia, através de dois concursos: as “Olimpíadas da Europa” e o “Concurso de Curtas-Metragens”. A edição deste ano conta com a participação de cerca de 300 alunos de 16 estabelecimentos de ensino da região.

Pub
 

Tony Da Silva
Director o luso.eu e operador de camera na CBN News / Jornalismo
Pode ler mais sobre este colaborador

Entre em contacto :  Tony da Silva Perfil: Info

Artigos deste Autor: