Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

25 Abril: Costa defende que este dia deve ser sempre de festa e uma homenagem à cultura

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - O primeiro-ministro defendeu hoje que, mesmo no atual contexto em que o país se encontra em estado de emergência, o 25 de Abril de 1974 deve ser dia de festa e uma homenagem à cultura.

Esta posição foi assumida por António Costa numa mensagem de vídeo transmitida no início das comemorações online do 25 de Abril de 1974 na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, este ano fechada ao público por causa da pandemia de covid-19.

"Habitualmente, no dia 25 de Abril, abrimos as portas para se possa conhecer os jardins e todo este espaço. Este ano, como sabemos, é especial. Temos de estar juntos separados para podermos enfrentar esta pandemia" de covid-19, observou o líder do executivo na sua mensagem.

Segundo o primeiro-ministro, os portugueses têm de "vencer esta pandemia para poderem estar juntos como sempre estiveram, celebrando nas ruas ou nos jardins, aqui e ali, aquilo que é o 25 de Abril".

"Não podemos estar aqui fisicamente, na residência oficial, mas não queremos deixar que possam estar aqui por esta via online. Por isso, vamos fazer aqui uma lembrança do que foram os outros dias 25 de Abril em que pudemos estar de portas abertas e com esta casa cheia de cidadão", salientou.

António Costa destacou depois que é sua vontade que os cidadãos "conheçam melhor" a residência oficial", dizendo que o programa online deste ano incluirá uma visita guiada das duas curadoras dos programas "Design em São Bento" e "Arte em São Bento".

"Finalmente, porque o 25 de Abril, mesmo hoje, mesmo neste 25 de Abril tão diferente dos outros, tem de ser de festa e tem de ser de homenagem à cultura. Por isso, convidámos os diretores dos quatro teatros nacionais para poderem ser curadores daquilo que deve ser uma obra única: Uma peça teatral de dança, de música que celebrará de forma diferente o 25 de Abril", referiu.

António Costa apontou em seguida que estes curadores "convidaram uma companhia de teatro portuguesa, o Hotel Europa, para fazer uma obra única".

"Quero convidar-vos para que façam hoje esta visita online, mas um dia - espero que para o ano, senão no ano a seguir - venham cá mesmo, fisicamente, pessoalmente, porque, tal como o 25 de Abril, sempre", acrescentou.

As comemorações em São Bento podem agora ser seguidas nas seguintes plataformas digitais: Facebook do Governo (https://www.facebook.com/govpt/); Twitter do primeiro-ministro (https://twitter.com/antoniocostapm); Portal do Governo (www.portugal.gov.pt); e LiberdApp (https://liberdapp.pt/).

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI