Conselho Nacional do PSD aprova lista de deputados com 74% votos a favor (ATUALIZADA)

ID:N°/ Artigo: 4022

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Ontem, o Conselho Nacional do PSD aprovou as listas de candidatos às próximas eleições legislativas e confirmou a candidatura de Carlos Gonçalves como cabeça de lista no Círculo Eleitoral da Europa.

A lista de candidatos por este Círculo da Emigração inclui ainda o Victor Gomes da Bélgica, a Liliana Bento do Luxemburgo e a Selma Martins do Reino Unido. No entanto, é uma lista de candidatura que vai muito mais além do que os candidatos em si.

É uma lista que se alarga a milhares de militantes que pelo mundo fora acreditam no PSD para continuar a afirmar a área das Comunidades Portuguesas no todo nacional.

Explica Carlos Gonçalves que “a campanha eleitoral vai ser o momento para apresentarmos um conjunto de propostas que apontam para este propósito e que demonstram que, mais que o seu território, Portugal é o seu povo.” Deve-se enaltecer o fato da lista ser composta exclusivamente por gente da emigração.

Foram então aprovadas pelo Conselho Nacional do PSD na passada madrugada, com 80 votos a favor, 18 contra e dez abstenções, as listas de candidatos deputados à Assembleia da República.

Na reunião do órgão máximo do PSD, que começou cerca das 22:00, em Guimarães, 74% dos conselheiros votaram favoravelmente, de braço no ar, numa votação feita globalmente das listas para os 22 círculos eleitorais. Em 2015, sob o mandato de Pedro Passos Coelho, as referidas listas foram aprovadas por unanimidade.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Amazónia: Macron acusa Bolsonaro de mentir e diz-se contra o acordo UE-Mercosul https://t.co/pG3CBaXmRt
PSP convencida de “policiamento de sucesso” em Benfica-FC Porto de risco elevado https://t.co/NCqs4FgWrc
Amazónia: Bruxelas está “profundamente preocupada” e apoia debate pedido por Macron https://t.co/xLU3RY97Uj
Follow Jornal das Comunidades on Twitter