NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi

Levar as Comunidades a sério

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No passado dia 29 de janeiro teve lugar, em Estugarda na Alemanha, o habitual encontro das estruturas do PSD da emigração do circulo eleitoral da Europa. Uma reunião em que participaram as estruturas da Alemanha (Estugarda, Dusseldorf e Hamburgo), seção organizadora do evento, Bélgica, Suíça, Luxemburgo, Reino Unido, Paris, Estrasburgo, Lyon, Orleães e Toulouse.

Esta reunião, que se realiza todos os anos, tem como fim a análise da situação política nacional e das políticas para a área das comunidades portuguesas e a preparação das iniciativas políticas e parlamentares do PSD para esta área da governação. Este tipo de encontro tem permitido estabelecer um conjunto de desafios para o PSD na área da emigração que em muitos casos se traduziram em propostas políticas, tendo mesmo algumas, a sua concretização legislativa.
Na edição deste ano, o principal tema abordado foi, claramente, o das propostas de alteração à lei eleitoral e lei do recenseamento eleitoral tendo em vista alargar a participação política dos portugueses residentes no estrangeiro.

Assim, o debate decorreu em torno das propostas relativas às novas metodologias de voto, nomeadamente, a sua uniformização para todas as eleições e a possibilidade da introdução do voto eletrónico. Quanto ao recenseamento eleitoral, a possibilidade de este se tornar automático mereceu muitas considerações positivas por parte dos participantes que desejam que este objetivo possa também ser concretizado.
As estruturas do PSD do círculo eleitoral da Europa reveem-se nas propostas já apresentadas, neste âmbito, pelo seu Grupo Parlamentar e esperam que seja possível encontrar, na Assembleia da República, os consensos necessários para a efetiva concretização das alterações propostas. Ao mesmo tempo, exigem que as palavras utilizadas por alguns em campanha eleitoral sobre esta matéria possam agora efetivar-se.

Durante a reunião de Estugarda houve também a oportunidade de analisar a situação política nacional e das comunidades. No que diz respeito à questão nacional a avaliação política de portugueses que residem no estrangeiro é, em minha opinião, muito importante. Ora, durante esta reunião, foi possível perceber que a imagem externa do país tem vindo a degradar-se devido a uma perda de credibilidade que acaba por condicionar de forma muito negativa a perceção que os outros estados têm do nosso país.

Pub

No que se refere à área das comunidades a ausência de produção legislativa do Governo não permitiu sequer a avaliação de eventuais propostas que tivessem sido apresentadas.
No entanto, os militantes presentes lembraram as promessas eleitorais relativas às propinas, aos lesados do BES emigrantes, aos serviços consulares, ao apoio social, às questões eleitorais que, infelizmente, não mereceram qualquer tipo de resposta.

Nesta reunião estiveram presentes os deputados eleitos pelos círculos da emigração e o Secretário-Geral do partido. Este tipo de encontro com as estruturas do PSD da emigração é também um momento importante de prestação de contas quer do grupo parlamentar quer da direção nacional. Um partido político e, muito particularmente, um partido fortemente ligado às comunidades portuguesas, não pode deixar, na minha opinião, de envolver na sua ação política os seus militantes da diáspora que pelo seu conhecimento da realidade de uma área tão especifica são fundamentais para a elaboração de propostas tanto no plano setorial como no plano nacional.

No PSD, quando pensamos Portugal, pensamos num país repartido pelo Mundo e quando estamos a levar a sério as nossas comunidades estamos, no fundo, a levar a sério Portugal.
Termino com uma palavra de agradecimento a todas as estruturas do PSD emigração pela sua participação empenhada neste encontro e, muito particularmente, ao PSD Alemanha pelo trabalho que teve na organização deste evento que, em muito, honra o nosso partido e as comunidades portuguesas.

Pub


The Sol Ar Vinhos de Portugal

Eventos este Mês

Seg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sáb.Dom.
1
3
4
11
12
13
14
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pub Google

Últimos Tweets

Homem baleado frente a discoteca na Amadora está em estado grave - PSP https://t.co/5XczoIar0d
Belenenses reclama mais três títulos de campeão nacional de futebol https://t.co/h4wxAlQfSU
Preço da luz desce 0,2% em mercado regulado a partir de 01 de janeiro https://t.co/njhcAbrYXr
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter