Eurodeputado José Manuel Fernandes: "Melhores salários para todos deve ser desígnio nacional"

Previous Next

ID:N°/ Artigo: 3641
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Debate sobre 'Penosidade no trabalho por turnos', organizado pela UGT em Vila Nova de Famalicão

O Eurodeputado José Manuel Fernandes lançou hoje o repto para que Portugal assuma como "desígnio nacional" o objetivo de "garantir melhores salários para todos os trabalhadores", porque isso implicaria "uma estratégia sustentável de desenvolvimento e progresso não só económico, mas sobretudo social e humanista".

Num debate organizado pela UGT em Vila Nova de Famalicão, subordinado ao tema 'Penosidade no trabalho por turnos', José Manuel Fernandes reconheceu que "há muitas indignidades salariais", mas destacou o papel da União Europeia na promoção de valores à escala global, privilegiando a inclusão e a promoção de competências humanas como fatores fundamentais de desenvolvimento.

“Não podemos ter medo de acarinhar e estimular a iniciativa privada, o empreendedorismo, a competitividade e a produção de valor acrescentado. Só assim, com uma economia forte, assente nas pequenas e médias empresas, podemos triunfar à escala global e garantir, de forma sustentada, melhores salários para todos os portugueses, tanto do setor público como do privado", defendeu o Eurodeputado.

Lamentando a existência de "salários demasiado baixos, até para trabalhos de elevada competência e exigência técnica", José Manuel Fernandes reclamou uma postura social e humanista de exigência e ambiciosa, capaz de gerar "melhor qualidade de vida e uma economia forte". E sobre isso, advertiu que "não podemos confundir produtividade com mais horas de trabalho. Nem é com salários baixos que vamos construir uma economia mais forte à escala global".

Também "sem medo da globalização", José Manuel Fernandes assumiu a defesa de uma sociedade aberta, livre, sem fronteiras" e "com respeito pela democracia, pela diversidade, pelo multiculturalismo e, acima de tudo, pela dignidade humana".

Nesse âmbito, destacou a ambição permanente da União Europeia pela promoção da qualidade de vida dos cidadãos, com forte valorização dos direitos sociais e da valorização das competências humanas, da investigação e da criação de valor acrescentado como fatores de diferenciação e de competitividade à escala global.

"Quem acha que podemos vencer a globalização com fronteiras fechadas, está enganado. Só em conjunto podemos vencer os desafios", afirmou.

No debate moderado pelo diretor do Correio do Minho, Paulo Monteiro, participaram também o especialista em medicina do trabalho Mário Freitas e o sociólogo e professor universitário João Duque e o deputado Nuno Sá. Na sessão intervieram ainda o presidente da UGT-Braga, César Campos, o e o vereador da Câmara famalicense, Augusto Lima.

O trabalho por turnos abrange cerca de 20% dos trabalhadores da Europa. Apesar dos riscos e impactos negativos ao nível profissional, social e também familiar e da saúde dos trabalhadores, foi unânime o reconhecimento da necessidade insuperável da sociedade relativamente a serviços e operações em contínuo ou permanência. Nesse âmbito, importa salvaguardar legislação e regulação que façam valer "os princípios e valores da dignidade humana e da promoção da qualidade de vida para todos", questão onde a UE se assume como líder mundial.


RECOMENDADOS PARA SI

Restaurante Ricardos

GBOM DIA HOJE 16/08 

  • PERNA DE FRANGO NO FORNO
  • PEIXE ESPADA GRELHADO

Reserva on-line

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Recevez un cadeau de bienvenue de 15 € quand vous ouvrez un compte Monese et réalisez votre première transaction av… https://t.co/ksIJ4fOuP2
SÍNTESE: Benfica continua na liderança e FC Porto afoga mágoas com goleada https://t.co/fZUPSoC9mF
From Vimeo
Acabei de adicionar “Oca-Girafa Project” para o canal https://t.co/yei698KNE4 no #Vimeo: https://t.co/WCyep9tIZY
Follow Jornal das Comunidades on Twitter