(Lusa) – O Partido Popular Europeu deverá manter-se como a principal força política europeia, apesar de poder perder 40 deputados, passando a 173, segundo uma primeira estimativa do Parlamento Europeu.

De acordo com esta projeção preliminar, que tem em conta sondagens à boca das urnas em 16 Estados-membros e projeções nos restantes 12, os socialistas europeus deverão continuar como segunda força na assembleia europeia, mas perdendo também cerca de 40 assentos, passando a contar com 147 eurodeputados.

A Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (ALDE) destaca-se como a terceira força, conquistando 34 lugares e passando para 102.


Pub