DEPUTADOS DO PSD PREOCUPADOS COM ASSOREAMENTO DO PORTO DE MAR DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

ID:N°/ Artigo: 3273
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Os deputados pelo PSD eleitos por Viana do Castelo na Assembleia da República manifestaram-se preocupados com o estado de assoreamento do Porto de Mar em Vila Praia de Âncora.

Neste sentido, questionaram a Ministra do Mar sobre o assunto e tentaram “sensibilizar para uma realidade que tem causado diversos constrangimentos aos pescadores profissionais e de recreio que utilizam aquele Porto de Mar”, explicam em nota de imprensa.

“O Porto de Mar da freguesia de Vila Praia de Âncora do concelho de Caminha, apresenta actualmente um problema grave de assoreamento. Tal situação é neste momento de tal maneira grave que coloca em causa a segurança dos pescadores no momento da faina, embarque e desembarque””, alertam os deputados alto-minhotos.

“Apesar de se ter vindo a proceder à dragagem do Porto ao longo do tempo, a situação tem vindo a agravar-se pelo facto de há cerca de três anos não se proceder ao desassoreamento respectivo. É visível o perigo que representa a entrada e saída de embarcações no Porto de mar com tal assoreamento”,.

Encontramo-nos à presente data, em mais um momento em que o assoreamento é de tal forma elevado e extensivo que existem embarcações completamente paradas a maior parte do tempo”, salientaram Liliana Silva, Carlos Abreu Amorim e Emília Cerqueira.

Os deputados do PSD perguntaram directamente à Ministra sobre a previsão de uma nova dragagem, mas não obtiveram resposta.

Pub

 


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Últimos Tweets

Criança que perdeu os pais em França deve regressar "nos próximos dias" - Governo https://t.co/HfQeNOyb1N
LE: Braga e Guimarães tentam apuramento frente a emblemas históricos em crise https://t.co/LrreB0M1vJ
LE: Braga e Guimarães tentam apuramento frente a emblemas históricos em crise https://t.co/TCyZLGWU4k
Follow Jornal das Comunidades on Twitter