Durante plenário em Estrasburgo
EURODEPUTADO INÁCIO FARIA CONDENA ASSASSINATO DE JAMAL KHASHOGGI

O eurodeputado português José Inácio Faria, eleito pelo Movimento Partido da Terra / PPE, condenou ontem durante a sessão do Parlamento em Estrasburgo, o assassinato do jornalista do Washington Post, Jamal Almad Khashoggi.

No decorrer da sua intervenção, o parlamentar natural de Viana do Castelo e ex-Assessor Jurídico da Câmara Municipal de Lisboa, referiu-se à falta de liberdade existente na Arábia Saudita, cujo testemunho daquele jornalista era incómodo para o regime de Riade!

José Inácio Faria solicitou que a União Europeia condene o triste acontecimento praticado a 2 do corrente mês na representação diplomática saudita na Turquia, quando Jamal Khashoggi lá entrou para organizar o seu processo de casamento com Hatice Cengez doutoranda na universidade de Istambul, e nunca mais foi visto.

Formado em Administração de Empresas pela Universidade de Indiana em 1982 e colunista do Washington Post desde Dezembro de 2017, conceituado jornal com uma tiragem diária de meio milhão de exemplares, Jamal Khashoggi tinha 58 anos de idade e era colaborador de outras publicações e canais de televisão.

Temos de condenar as “ detenções, repressão e humilhação pública de intelectuais e líderes religiosos “ praticadas na Arábia Saudita, e neste macabro incidente exigir o paradeiro do corpo do jornalista incómodo para uma investigação independente, rematou o eurodeputado.

Pub