Este fim de semana realiza-se em Lisboa o 37 congresso do PSD em Lisboa, no centro de congressos entre o dia 16 e 18 de Fevereiro.
O PSD Bélgica estará muito bem representado por quatro pessoas; eu próprio como delegado da secção, Ana Garrido como observadora da secção, Jorge Afonso como observador pela Europa e Sandro Benidio como observador pela Bélgica.

Este ano a delegação é muito superior aquela que esteve presente nos dois últimos congressos e estivemos diretamente envolvidos na preparação de duas moções.

A título pessoal subscrevi a moção das MSD (Mulheres Social-Democratas), porque penso que não se construí o futuro do nosso partido e do nosso Pais sem o contributo das mulheres; incluindo as 2.5 milhões de portuguesas emigradas pelo mundo.
Este congresso terá pelo menos 20 moções que serão apresentadas a votação, e convém realçar que duas delas são relacionadas com a emigração. Isto é uma vitoria para nos e mostra o peso acrescido de uma representação renovada dos emigrantes do PSD na diáspora; sobretudo na Europa.

Depois das eleições na Bélgica, o PSD teve eleições na Alemanha, Suíça, Luxemburgo e Reino Unido. Verificamos a emergência de caras novas e/ou o renascer do PSD onde esteve parado demasiado tempo. Somos o partido do futuro.
Por isso este ano, a grande maioria das secções apresentam caras novas. O futuro continua hoje.
Este congresso é tempo de reflexão, de renovação, de planear o futuro, de unidade e de preparar os combates de 2019: as eleições para o Parlamento Europeu e as eleições legislativas.

O PSD Bélgica estará presente para dar o seu contributo. Contem connosco.
Unidos, só ganhamos. Só ganhamos Unidos. Vamos para a vitória. O Futuro Começa Hoje.

Victor Alves Gomes
CPS Presidente PSD Bruxelas-Bélgica

Pub

Victor Alves Gomes
Colaborador | convidado
Pode ler mais sobre este colaborador
Artigos deste Autor: