Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Covid-19: França atinge recorde diário de novos casos com 45.422 contágios

Convide os seus amigos

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 


(Lusa) – A França atingiu hoje um novo recorde de casos diários de infeção de covid-19, com mais 45.422 pessoas a contraírem a doença nas últimas 24 horas, anunciou a Agência de Saúde Pública do país.

O número diário de contaminações aumentou em 3.390 comparativamente aos dados apresentados na sexta-feira, dia em que a França ultrapassou um milhão de casos confirmados desde o início da pandemia.

O país contabilizou mais 138 mortes, totalizando 34.645 óbitos, numa altura em que a taxa de positividade dos testes alcançou os 16%, face aos 15,1% da véspera e aos 4,5% que se registavam no início de setembro.

Nos cuidados intensivos, encontram-se quase 2.500 pacientes infetados, 233 dos quais nas últimas 24 horas.

O número de camas disponíveis nos cuidados intensivos situa-se à volta das 5.800, mas pode aumentar para 7.700 em menos de 15 dias, disse o ministro da Saúde francês, Olivier Véran.

Na primavera, durante o pico da pandemia, eram mais de 7.000 os pacientes hospitalizados nos cuidados intensivos.

São mais 1.667 os indivíduos internados nas últimas 24 horas, elevando o valor de hospitalizados para 15.637.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 42,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Estatísticas mundiais do coronavírus (ATUALIZADA)


RECOMENDADOS PARA SI

EU APOIO O Luso.eu

Últimos Tweets

Covid-19: GNR detém 30 pessoas por eliminações ilegais de resíduos sanitários https://t.co/e79idWEeSX
TAP: Companhia prevê redução da operação entre 60% e 70% durante o inverno https://t.co/nM613dEsyX
Covid-19: Cerca de 90% dos docentes preocupados ou com medo de serem infetados nas escolas https://t.co/EGaYeCw4Un
Follow Jornal das Comunidades on Twitter