Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

UE chega aos 7,4 mil milhões de euros na sua Resposta Global à Pandemia

IDT-N°/ : 5206

Convide os seus amigos

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 


A União Europeia ficou ontem, 4 de maio, perto de atingir os 7,5 mil milhões de euros em financiamento inicial para a sua Resposta Global à Pandemia. No total, foram arrecadados 7,4 mil milhões de euros, que irão servir para que todas as vacinas, diagnósticos e tratamentos para o COVID-19 estejam disponíveis e sejam acessíveis em todo o mundo. O governo português contribuiu com 10 milhões de euros.

"Hoje o mundo demonstrou uma unidade extraordinária pelo bem comum. Governos e organizações de saúde globais juntaram forças contra o coronavírus. Com tal compromisso, estamos no caminho certo para desenvolver, produzir e utilizar uma vacina para todos", afirmou a Presidente da Comissão Europeia, Ursurla von der Leyen, ontem, ao final do dia.

O objetivo deste esforço de doação global, organizado pela União Europeia e pelos seus parceiros, é reunir financiamento para garantir o desenvolvimento colaborativo e a implantação universal de diagnósticos, tratamentos e vacinas contra o COVID-19.

O Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, sublinhou que “estas vacinas, tratamentos e terapias serão cruciais para a Europa. Mas ainda mais crítico para nossos parceiros mais vulneráveis ​​com sistemas de saúde frágeis, como a África. Eles devem estar no centro da nossa solidariedade.”

Portugal também participou

No início do dia de ontem, o primeiro-ministro português, António Costa, revelou que Portugal participou nessa iniciativa com 10 milhões de euros. França, com 1,5 mil milhões de euros, e África do Sul, com 1,1 mil milhões de euros, foram os maiores doadores desta iniciativa.

Rúben Castro
Jornalista da luso.eu CC46 A
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.

 Entre em contacto : Rúben Castro Perfil: Info

Nascido em 1990, no Funchal, estudou Ciências da Cultura na Universidade da Madeira e Jornalismo na FCSH/Universidade Nova de Lisboa. Neste momento vive em Bruxelas, onde colabora com vários órgãos de comunicação social. É um dos 55 Embaixadores da Juventude da ONE na Bélgica, uma ONG focada no combate à pobreza extrema e às desigualdades.

Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

EU APOIO O Luso.eu

Últimos Tweets

CCP pede “melhoria do processo eleitoral” português https://t.co/Mfp9We31xv
Um arco-íris num dia cinzento https://t.co/Rojru8lHEb
Gulbenkian distingue projeto de investigação da UC em computação quântica https://t.co/4KtUVSxDRE
Follow Jornal das Comunidades on Twitter