A convite do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), a eurodeputada Liliana Rodrigues irá integrar a Comissão de Honra da “Convenção Nacional do Ensino Superior 20/30”, uma iniciativa destinada a promover, através de uma série de debates, a discussão a nível nacional sobre a necessidade de uma nova agenda para 2020-2030 que fortaleça o ensino superior.

Liliana Rodrigues revelou que foi com “muito gosto” que aceitou o convite do CRUP, numa altura de “grande importância para o ensino superior, tanto a nível nacional, como a nível europeu”.

A eurodeputada afirmou ainda que “este é o tempo de nos prepararmos para o futuro, de definirmos as linhas necessárias para que a próxima geração esteja melhor preparada para os desafios da educação, incluindo a passagem para o digital”, acrescentando que “para que Portugal se possa afirmar no contexto europeu, é preciso continuar a existir uma aposta séria na educação e na investigação”.

A primeira sessão da “Convenção Nacional do Ensino Superior 20/30” realizar-se-á no próximo dia 7 de Janeiro, em Lisboa, e irá ter em conta várias temáticas como a necessidade de diversificar estudantes, de fomentar a ligação entre o ensino e a investigação e de pensar sobre o acesso ao ensino superior.

O CRUP é uma entidade de coordenação da educação superior em Portugal que representa 15 universidades portuguesas, incluindo a Universidade da Madeira. Tem como objectivos assegurar a coordenação e representação global das universidades, colaborar na formulação das políticas nacionais de educação, ciência e cultura e pronunciar-se sobre os projectos legislativos que digam directamente respeito à educação superior, bem como sobre as questões orçamentais.

Pub