Enzo queixou-se de fortes dores de barriga. Morreu dois dias depois de ter ido ao hospital.

Enzo, um menino de quatro anos, queixou-se aos pais de fortes dores de estômago e vómitos na passada quarta-feira. No hospital Emile Mayrich, em Ech-sur-Alzette, foi-lhe diagnosticada uma gastroenterite.

Foi-lhe dada alta hospitalar, tendo o menino regressado a casa com a respetiva medicação. Contudo, as dores não só continuaram como se agravaram. Na noite de sexta-feira para sábado, os pais de Enzo voltaram a levá-lo ao hospital, conforme relatam os meios do Luxemburgo.

Nessa noite, Enzo fez análises e foi colocado a soro para hidratar. O resultado apontou para problemas intestinais. Antes de ter sido transferido para outro hospital, onde iria fazer um ultrassom, Enzo morreu nesse mesmo dia, sábado.

A família está indignada e a mãe, Patricia, uma portuguesa de 26 anos, está inconsolável. “Queremos entender o que aconteceu” disse Jean-Luc, avô de Enzo, citado pelo jornal do Luxemburgo. A família aguarda agora os resultados da autópsia, antes de agir em relação a uma possível negligência médica.

Pub