O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou este sábado em Bruxelas que a resposta do Iraque ao pedido de levantamento de imunidade diplomática dos filhos do embaixador em Lisboa “não é plenamente satisfatória”, e garantiu que irá “até ao limite” para o obter.

“O levantamento da imunidade diplomática é o único (mecanismo) que permite que se faça justiça no território em que o crime foi cometido. Portanto, eu, até ao limite, passem dois meses, três meses, quatro meses, o que for, até ao limite tentarei que seja o primeiro mecanismo (dos três disponíveis na lei internacional)”, disse Augusto Santos Silva, à margem de um evento na embaixada de Portugal em Bruxelas...

 

ler artigo completo

 

Tony Da Silva
Director o luso.eu e operador de camera na CBN News / Jornalismo
Pode ler mais sobre este colaborador

Entre em contacto :  Tony da Silva Perfil: Info

Artigos deste Autor: