Melgaço, Viana do Castelo, 27 jul (Lusa) - Um mercado medieval e as festas castreja e do emigrante são as novidades da edição 2018 do programa municipal "Melgaço em Festa", que decorre entre 03 e 17 de agosto e hoje foi apresentado publicamente.

O programa, apresentado hoje na Praça da República em Melgaço, inclui um mercado medieval, de 10 a 12 de agosto, para "promover o património histórico de Melgaço, assinalando a data de 1388 como uma referência da identidade cultural do concelho".

"Serão relembrados episódios lendários da época medieval, como ‘Inês Negra', no dia 11 de agosto, pelas 22:00, no Castelo de Melgaço. O centro histórico assume-se como um local fulcral para a promoção deste mercado, sendo palco de cortejos históricos, torneios apeados, espetáculos com aves de rapina, espetáculos de fogo, concertos medievais, danças orientais, desfile nupcial e casamento medieval, entre outras atividades".

Já a festa castreja decorrerá, em Castro Laboreiro, no Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG) entre 14 a 16 de agosto com a recriação de através de tradições como a carpeada, danças típicas, de uma boda castreja, e um concurso do cão de Castro Laboreiro.

Para o dia 17 de agosto está marcada a festa do emigrante.

"Por esta altura, recebemos na nossa terra, os melgacenses que por esse mundo fora lutam por uma vida melhor e encontram neste período o conforto do regresso à terra natal', sublinhou o presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista.

O festival internacional de folclore ‘O Mundo a Dançar', o Dia do Brandeiro, um concerto com José Cid e um espetáculo piromusical, são outras das propostas do "Melgaço em Festa" deste ano.

"Serão bons momentos para que todos desfrutem da alegria e diversão e para que descubram Melgaço, as suas gentes, culturas e tradições', destacou o autarca socialista.

Pub