A Ordem dos Companheiros de São Vicente, Confraria de Vinhos de Portugal; instituição sediada no Reino da Bélgica, organizou mais um capítulo, desta vez em Portugal. Desta vez a reunião foi na Cidade de Vila Nova de Gaia, na quinta do Boeiro; conhecida mundialmente por ter a maior garrafa de vinho do mundo.

A garrafa é tão grande que o capítulo realizou-se dentro da própria. A casa estava cheia ou seria mais correcto seria dizer que havia um engarrafamento de pessoas.
Nesta ocasião estiveram presentes várias outras confrarias, que reflectem os sabores e os saberes de Portugal, França e Bélgica.

De Portugal entre outras estiveram presentes a Confraria dos Vinhos Verdes, da Cebola de Maia, do Pão-de-ló de Ovar, dos Saberes e Sabores das Beiras, de Viseu, da Madeira, dos amigos de Eça de Queirós e varias outras vindas da França e da Bélgica; o que mostra bem o dinamismo da confraria e a capacidade de atrair pessoas de todos os horizontes e nacionalidades.

Durante o capítulo foram entronizados novos compadres e comadres de várias nacionalidades.
A animação musical esteve a cargo do semifinalista do Portugal Got Talent Miguel Bandeirinha, que cantou e encantou a plateia e de um rancho folclórico local que cantou e dançou juntos com os convidados.

O grupo vindo da Bélgica, de seguida foi visitar a feira de Barcelos e a bonita Cidade de Braga. Existem em Portugal cerca de 200 confrarias e pelo mais uma, a Confraria da Carne Cachena está em formação.  Num mundo cada vez mais globalizado, só temos a ganhar mantendo os nossos saberes e sabores, pois é isso que nos torna único e que atraia o turismo de qualidade, a começar pelo turismo gastronómico e cultural, onde nos temos claramente uma carta a jogar.

Estas confrarias muitas vezes foram as percursoras dos movimentos “Slow Food” e alimentação biológica.
Parabéns a todos os organizadores e boas vindas aos novos confrades e comadres.

Pub
 

Victor Alves Gomes
Colaborador | convidado
Pode ler mais sobre este colaborador
Artigos deste Autor: