Colocámos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no website. Ao utilizar o site, está a concordar com o seu uso. Ler mais

Lusoproductions  has placed cookies on your computer to help improve this site. By using this site, you are consenting to its usage. Ler mais

Bruxelas é a capital da Flandres, uma das regiões mais ricas Europa. Bruxelas é a capital da Bélgica, um dos Países mais ricos da Europa e do Mundo. Mas Bruxelas é também, a capital administrativa da União Europeia; um projecto único no mundo e um exemplo de integração de sucesso. Bruxelas é um cartão de vista destas três entidades, e por vezes esta vitrina esta suja.

Dito isto Bruxelas, "ma belle" também é por vezes "Bruxelles poubelle".
Poucas pessoas sabem, mas o Senhor Eugène Poubelle foi um administrador da região de Paris, que no seculo 19 conseguiu resolver os problemas de lixo na cidade. Introduziu os caixotes de lixo, que ainda hoje são conhecidos em francês por Poubelle.

Em Bruxelas a recolha é feita duas vezes por semana. Saco azul e amarelo só de 15 em 15 dias. Quando uma pessoa se esquece, la temos o saco por vezes quase um mês em casa. É um prazer e uma alegria ver o simpático camião do lixo passear na cidade durante o horário do expediente.
É verdade que ninguém gosta de trabalhar de noite claro; mas fazer a recolha de manha cedo iria contribuir para resolver os já graves problema de trânsito em Bruxelas.  Já somos umas das cidades mais engarrafadas da Europa; e estamos no rumo certo para ser os primeiros.

Não me lixem, não há nenhuma razão para a capital da Europa ser menos limpa que uma cidade portuguesa, como por exemplo Braga. Braga tem menos dinheiro, mas Braga esta muito mais limpa e a culpa não pode morrer solteira. O "desole" não chega para tudo.

Neste momento há uma greve dos trabalhadores da recolha do lixo. Mas o problema não começou ontem e esta na hora de mudar. Por isso os residentes em Bruxelas, nas 19 " comunnes" da área de Bruxelas; respeitando o direito sagrado a greve; e sem tomar partido no conflito existente entre os empregados e a entidade empregadora, gostaríamos de ver a cidade mais limpa. Pagamos impostos, queremos serviços.

Quantos de nos, não tivemos visitantes que nos confessaram que ficaram espantados e desiludidos com a falta de limpeza da cidade? E isto antes da greve.
A circulação é caótica, as obras nos tuneis nunca mais acabam; só faltava ainda mais lixo nas ruas para dar início a Primavera. Em Portugal, em tempos passou na televisão portuguesa uma telenovela chamada " Roseira Brava", aqui podíamos fazer uma telenovela chamada "Lixeira brava".

Não nos lixem a vida. Algo cheira mal no Reino da Bélgica.



Victor Alves Gomes
A residir em Bruxelas 14 anos

Conecte-se

Se deseja inscrever-se na nossa newsletter, Digite seu endereço de e-mail.