Colocámos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no website. Ao utilizar o site, está a concordar com o seu uso. Ler mais

Lusoproductions  has placed cookies on your computer to help improve this site. By using this site, you are consenting to its usage. Ler mais

A ministra do trabalho, Myriam El Khomri, anuciou num comunicado um acórdão que lança um dispositivo  de crontrol a 500.000 empresas e 2,5 milhões de assalariados.

A primeira zona geográfica referida será o sudoeste da França, seguidamente a zona centro, sudeste, noroeste e por ultimo a região de Ile-de-France.

«O mapa profissional é o fruto do trabalho conjunto efectuado hà vários anos pelos profissionais dos sectores da construção e trabalhos públicos do BTP, em especial as grandes federações, FFB, CAPEB, Scop BTP, FNTP, Prism' Emploi, e os serviços do Estado para lutar contra o trabalho ilegal», precisa o texto.

Os inspetores do trabalho vão iniciar controles a partir de amanhã, quarta feira, dia 22, afim de obter todas as informações que julgam necessárias sobre os assalariados, bem como sobre as empresas empregadoras e as obras onde trabalham.

As entidades patronais que não tenham declarado os trabalhos, obras e  empregados arriscam uma coima de 2.000 euros por assalariado, no limite de 500.000 euros por empregador.

Conecte-se

Se deseja inscrever-se na nossa newsletter, Digite seu endereço de e-mail.