Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha

PE, Conselho e Comissão falarão "a uma só voz" através da Conferência sobre Futuro da Europa - Comissária


(Lusa) - A vice-presidente da Comissão Europeia Dubravka Šuica sublinhou hoje que as três instituições europeias - o Parlamento, o Conselho e a Comissão - falarão "a uma só voz" através da Conferência sobre o Futuro da Europa.

"Através da conferência, entramos numa nova fase da política a nível europeu", pois "as três instituições europeias, nomeadamente o Parlamento Europeu, o Conselho da União e a Comissão Europeia, falam a uma só voz", afirmou a comissária para a Democracia e Demografia e responsável, pela parte da Comissão, pela Conferência sobre o Futuro da Europa, no encerramento de um debate virtual sobre o futuro da Europa.

Por isso, a conferência "não é sobre uma pessoa ou sobre uma instituição", reforçou.

A comissária frisou "a necessidade de uma democracia adequada ao futuro", alertando para o facto de nenhum Estado democrático estar livre de um "retrocesso".

Daí que seja "vital" que os decisores políticos, enquanto cidadãos, revejam "de forma ativa e consistente" a democracia europeia e os seus mecanismos, a fim de "ver como podem ser melhorados desde a base", defendeu a vice-presidente do executivo comunitário.

Para Dubravka Šuica, "uma democracia que funciona bem é baseada na relação de confiança e não deve ser tomada como garantida", portanto, para que funcione, "todos nós devemos estar preparados para nos comprometer", confiando "nos constituintes para nos ajudar a cumprir as nossas políticas".

Por outro lado, a responsável assinalou que as próprias instituições políticas "que atendem aos cidadãos também podem trabalhar para fortalecê-los, não deixando um vácuo para outros explorarem".

"É aqui que a conferência tem um papel fundamental a desempenhar: liderando o caminho para o desenvolvimento da democracia numa escala nunca antes vista, sem precedentes", ressalvou.

Após o lançamento na passada segunda-feira da plataforma digital multilingue que permite a participação de todos os cidadãos da União Europeia (UE) na Conferência sobre o Futuro da Europa, Dubravka Šuica apontou a "consciencialização" como "o próximo grande passo".

"A plataforma permite que os cidadãos comecem a envolver-se agora, sem mais demoras. Depois desta manhã, temos mais de 3000 intervenções na plataforma, o que significa que é uma boa ferramenta em tempos de pandemia", notou.

Em última análise, a conferência é, segundo a comissária, uma "ferramenta para ajudar a construir e reforçar o vibrante espaço público europeu para discussão e debates".

O lançamento formal da Conferência sobre o Futuro da Europa está previsto para 09 de maio, Dia da Europa.

A Conferência será presidida pelo primeiro-ministro, António Costa, porque exerce até 30 de junho a presidência rotativa do Conselho da UE, pelo presidente do Parlamento Europeu (PE), David Sassoli, e pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Dubravka Šuica participou hoje num debate virtual intitulado "O Futuro da Europa", organizado pelo grupo do Partido Popular Europeu no Parlamento Europeu, sobre os objetivos que a Europa deve atingir e como a Europa se vê nos próximos anos, especialmente para proporcionar melhores perspetivas à geração mais jovem e para construir uma democracia europeia mais forte que empodere os seus cidadãos.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 281 visitantes e 0 membros em linha

EU APOIO O Luso.eu Jornal das comunidades

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

News Fotografia

Ad Bottom