segunda-feira, 08 agosto 2022

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:31 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:164 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:178 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:56 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:77 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:651 Opinião

As “CONTAS CERTAS” de…

Jul. 25, 2022 Hits:708 Opinião

Espanto e Vergonha

Jul. 17, 2022 Hits:99 Crónicas

A falta que o mar me faz

Jul. 12, 2022 Hits:704 Crónicas

EM SANFINS DE FERREIRA

Jul. 11, 2022 Hits:205 Crónicas

Sete distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


 (Lusa) – Sete distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa vão estar sob aviso amarelo entre as 12:00 de hoje e as 06:00 de sexta-feira por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com quatro a cinco metros.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Na quarta-feira, a Autoridade Marítima Nacional (AMN)e a Marinha alertaram para o agravamento da agitação marítima em Portugal Continental.

Em comunicado, adiantam que a agitação marítima será caracterizada por uma ondulação proveniente de noroeste, com uma altura significativa que poderá atingir os seis metros e uma altura máxima de nove metros.

Por isso, a AMN e a Marinha recomendam a toda a comunidade marítima que adote um estado de vigilância no mar e nas zonas costeiras e redobre os cuidados, tanto na preparação de uma ida para o mar, como quando está no mar, devendo também reforçar a amarração das embarcações atracadas e fundeadas.

À população em geral, lembram que “se encontra em vigor um dever geral de recolhimento domiciliário, pelo que as pessoas devem permanecer em casa, em segurança, não se expondo desnecessariamente ao risco”.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1508 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?