quinta-feira, 06 outubro 2022

O AMOR DE MÃE É ETERNO

Out. 04, 2022 Hits:74 Crónicas

INSULTUOSO – CORROMPIDO…

Out. 01, 2022 Hits:246 Opinião

Então Paris como é?

Set. 28, 2022 Hits:49 Crónicas

Desliguei a internet

Set. 26, 2022 Hits:73 Crónicas

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:118 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:112 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:246 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:96 Crónicas

Misericórdia de Ponte de Lima acolheu15 ucranianos!





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, em linha com o município local e a União das Misericórdias Portuguesas, acolheu desde o fim de semana dois grupos de refugiados ucranianos, num total de 15 pessoas. As vítimas de guerra foram colocadas em instalações renovadas há anos: a sede do antigo Asilo de Infância Desvalida D. Maria Pia, depois Lar de Jovens, actualmente em fase de candidatura para adaptação parcial da estrutura para uma terceira ERPI (Estrutura Residencial para Idosos), por parte da Mesa Administrativa.

Depois de uma família proveniente da fronteira de Vilar Formoso ter dado entrada nas instalações da instituição católica limiana, ontem, juntaram-se mais uma dúzia de ucranianos, que haviam chegado à região de Lisboa.

Este novo grupo é constituído por três mulheres e 9 jovens atletas de canoagem, com idades compreendidas entre os 10 e 16 anos.

Na sua residência provisória, os deslocados do Leste europeu, foram recebidos pela Mesa da Santa Casa da Misericórdia com palavras de carinho por parte do Provedor, Alípio Matos. Seguiram-se reuniões com técnicos da instituição, designadamente administrativos e psicólogos.

No exterior, sacada do Lar D. Maria Pia, foi colocada uma bandeira ucraniana (foto) de saudação, aos novos inquilinos daquela valência.

Recorde-se, que ao longo do seu historial, a Misericórdia de Ponte de Lima tem auxiliado estes problemas sociais, designadamente aquando da Guerra da Restauração (1640 – 1668), envolvendo os reinos de Portugal e Castela, e da Civil de Espanha (1936 – 1939), aqui também envolvendo a paróquia de Santa Maria dos Anjos, vila de Ponte de Lima.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Tito Morais
Author: Tito MoraisEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1457 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?