sexta-feira, 19 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:69 Opinião

O REI DOS CATALISADORES (…

Ago. 09, 2022 Hits:135 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:430 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:154 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:296 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:244 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:104 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:110 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:698 Opinião

Melhorou, impedimento de ambulâncias ao centro histórico Ponte de Lima!





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


No seguimento da nossa notícia da tarde de sexta feira última, e após intervenção da Câmara Municipal, foi melhorado o acesso de ambulâncias e outros veículos de socorro ao Largo de S. José, acesso pelas ruas da Abadia ou agrónomo Manuel Morais.

O impedimento ocorrido com situação familiar, que como informamos necessitou de força humana, ou seja, duas bombeiras da ambulância e particulares a desviarem um grande vaso de ferro, fechar um guarda sol e sua base de suporte, recuar ou fechar parcialmente o toldo, começou de madrugada. Nas horas seguintes, serviço de fiscalização municipal procedeu ao seu trabalho: foram retirados o vaso que impedia passagem de ambulância e um guarda sol (foto das 13,30 h de sexta-feira), recuada a mesa, etc, etc.

Deste modo, já é possível naquela artéria da vila, o acesso do serviço do INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica), para “(…) garantir aos sinistrados ou vítimas de doença súbita a pronta e correcta prestação de cuidados de saúde.”, assim como o transporte para a unidade de saúde adequada ao estado clínico da vítima, consoante a comunicação trocada com os tripulantes da ambulância e o CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes) que recebe a chamada de emergência. Mas, de acordo com informação oficial, é preciso que o “(..) objectivo de prestar o socorro mais adequado no mais curto espaço de tempo “, não haja impedimentos com “a acessibilidade (que) continua a ser o maior risco dos bombeiros: bairros antigos, as ruas cheias de trânsito e o estacionamento caótico”, ou seja, o que se verificou há três dias atrás, e quanto a circulação ou paragem/estacionamento automóvel pelo centro histórico é só dar umas voltas…

Mas, parece que melhores dias virão!..o município está a ultimar uma intervenção e reformulação de Regulamento de espaços públicos, onde mais fiscalização, eliminação de algumas esplanadas, reformulação de outras, estão na linha da frente de actuação.

OBRIGADO, aos mais de 2000 amigos que visualizaram o nosso texto; às centenas de mensagens e telefonemas recebidos, entre preocupações e mesmo sugestões para que não se repita a dificuldade de trabalho dos bombeiros, designadamente com a existência de equipamentos ou mobiliário que ocupavam faixas para manobras automóveis, em tempo de prestar socorro a moradores.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Tito Morais
Author: Tito MoraisEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 702 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?