quinta-feira, 06 outubro 2022

O AMOR DE MÃE É ETERNO

Out. 04, 2022 Hits:83 Crónicas

INSULTUOSO – CORROMPIDO…

Out. 01, 2022 Hits:250 Opinião

Então Paris como é?

Set. 28, 2022 Hits:49 Crónicas

Desliguei a internet

Set. 26, 2022 Hits:73 Crónicas

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:118 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:112 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:247 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:100 Crónicas

Feira agropecuária de Estremoz regressa com número recorde de expositores





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Mais de 450 expositores participam na 34.ª edição da Feira Internacional de Agropecuária de Estremoz (FIAPE), que regressa, a partir de hoje, com lotação esgotada, após dois anos de interrupção devido à pandemia de covid-19.

O certame, que é inaugurado às 10:30, decorre até domingo, no Parque de Feiras e Exposições de Estremoz, no distrito de Évora, com aposta no artesanato e na pecuária e entradas gratuitas, à exceção dos concertos.

Organizada pela câmara municipal e, na área da pecuária, pela Associação de Criadores de Ovinos da Região de Estremoz (ACORE), a feira pretende contribuir para o desenvolvimento económico e promoção turística da região.

Expositores de setores tão distintos como a pecuária, agricultura, artesanato, maquinaria agrícola, produtos regionais, comércio, indústria e serviços participam na FIAPE, “um dos maiores eventos a sul do Tejo”, segundo a organização.

Com o espaço destinado a expositores "completamente preenchido", a FIAPE agrega a 38.ª edição da Feira de Artesanato de Estremoz, "uma das mais conceituadas a nível nacional", com a participação de 132 artesãos, de várias localidades, realçaram os organizadores.

O presidente da Câmara de Estremoz, José Daniel Sádio, destacou à agência Lusa o “número recorde de expositores” e frisou que o município “tudo fez” para que a edição 2022 da feira, em que as entradas livres no espaço expositivo são uma das novidades, “seja um grande sucesso”.

“Numa FIAPE com entradas gratuitas, com exceção dos concertos noturnos, apostámos fortemente no artesanato e na pecuária, a essência da feira”, realçou o autarca, acrescentando que “mais artesãos” e “maior área expositiva” este ano vão permitir “ter a excelência do artesanato em Estremoz”.

No setor da pecuária, a ACORE destacou o aumento da área de exposição e do número de expositores, com a participação de 160 criadores de gado, cerca de mil animais, sobretudo ovinos, caprinos, bovinos e equinos, e 30 associações do setor.

Concursos de gado, exposição e venda de produtos regionais, gastronomia tradicional, atuação de bandas filarmónicas e grupos de dança, corrida de toiros e folclore e cante são outros dos ‘ingredientes’ da feira.

Na vertente musical, o cartaz de espetáculos, com bilhetes à venda, inclui concertos com The Lucky Duckies (hoje), Los Romeros, Calema e DJ Eddie Ferrer (quinta-feira), André Amaro, António Zambujo e DJ Pedro casanova (sexta-feira) e o espetáculo de fado “Em Casa d´Amália” e concertos com Diogo Piçarra e Karetus (sábado).

Outra das novidades deste ano é a mudança de local dos concertos e diversões, que passam para o espaço onde se realiza o mercado de levante, junto ao parque de feiras.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1374 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?