Entidades desejam “salvar” tampa do sarcófago medieval (Ponte de Lima)



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Várias entidades oficiais do território onde a tampa de sarcófago medieval foi encontrada, desejam preservar esse património, símbolo de uma identidade cultural e testemunho de arte funerária e peça de raridade na região.

Após o nosso alerta, vários leitores, anónimos e entidades oficiais contactaram-nos no intuito de conhecer e prosseguir contactos para o acondicionamento próprio da peça arqueológica.

De acordo com as informações recolhidas, amanhã Sábado, haverá no local uma reunião de interessados, designadamente o Presidente da Junta de Freguesia, o Pároco, município de Ponte de Lima e amantes desses valores históricos.

Recorde-se, que a pedra em questão, foi descoberta num depósito, pelo genealogista e heraldista Miguel Ayres de Campos – Tovar, que após a licenciatura em Oxford, seguiu o doutoramento em História Medieval em Londres, o qual em companhia do também estudioso de antiqualhas locais, Guilherme de Vasconcelos, de Arcos de Valdevez, mas com raízes limianas na Casa do Rego do Azal, em Santa Comba, há meses percorrem o concelho no arrolamento de brasões de família.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Tito Morais
Author: Tito Morais
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicionar o seu comentário aqui!