terça-feira, 07 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:279 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:160 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:107 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:205 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:488 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1879 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1021 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:438 Apontamentos

Chuva e vento forte provocaram 62 ocorrências no Algarve





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A chuva intensa e o vento forte que se registaram hoje no Algarve, entre as 12:30 e as 15:30, provocaram 62 ocorrências, entre inundações, queda de árvores e de estruturas, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

De acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, foram contabilizadas 62 ocorrências por todo o Algarve, “entre pequenas inundações na via pública, queda de árvores e de estruturas”.

A maioria das ocorrências verificou-se nos concelhos de Faro, de Olhão e de Loulé, “mas nenhuma com gravidade”.

“Apesar do grande número de ocorrências registadas num curto período de tempo, a situação já está normalizada em todo o distrito de Faro”, concluiu.

Devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, acompanhados de trovoadas e que poderão ser ocasionalmente de granizo, e à agitação marítima com ondas de sueste com dois a três metros na costa sul, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou o Algarve sob aviso amarelo.

O Comandante da Zona Marítima do Sul e Capitão do Porto de Faro, Rocha Pacheco, disse à Lusa que, devido à agitação marítima, "foram encerradas, a toda a navegação marítima, as barras de Tavira, Lagos, Albufeira e Alvor".

As barras de Vila Real de Santo António, Faro, Olhão e Quarteira "estão condicionadas a embarcações com comprimento inferior a dez metros".

Rocha Pacheco indicou que “as condições meteorológicas estão a acalmar, prevendo-se uma melhoria do estado do mar a partir de segunda-feira”.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 460  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS